O pioneiro boylesque, Sete de Ouros (Marcelo D’Avilla, brasileiro, 1987) começou a fazer uso de seu corpo como forma de trabalho, objetivação e meio de linguagem há pouco mais de três anos. Hoje para o Pop Porn Festival 4, Sete preparou sua mais nova ação. Visitantes serão encorajados a sentar-se silenciosamente em frente ao artista pela duração escolhida por eles. Através da escolha de uma música, cada visitante poderá fazer parte da obra e receber um lap dance executado pelo boylesque. Em um ato único entre ambos, numa dilatação do tempo por meio da conexão relacional, um momento único de troca entre o performer e o visitante será construído e destruído. “O lap dance está presente” se propõe a durar sete horas e será a ação mais longa já realizada pelo artista. Entre, sente, escolha uma música e deleite-se, pois o artista está presente.

No vídeo: Lap Dance número 29
Trilha - Cher - Bang Bang

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…