(São Paulo, Brasil, 2008 / cor - 23 minutos)

O Curta "LAMENTO PAULISTA", de Pedro Dantas, São Paulo, recebeu Menção honrosa na Mostra do Filme Livre 2009, Rio de Janeiro, na medida em que "a cidade é reinventada à margem de uma metrópole robótica, que não tem tempo de se olhar no espelho. Um choro rasgando o asfalto. Um grito em silêncio e um batuque pra espantar os caretas." (Gabriel Sanna).

O curta recebeu prêmio de 2º colocado do 1º Festival de Cinema de Varzea, São Paulo-SP; cinemadevarzea.com.br/

São Paulo, segunda maior cidade da América Latina, para muitos, a locomotiva do Brasil. Terra de trabalho, dinheiro, pluralidade e desigualdade social. Sua gente joga capoeira, lamenta e conta aquela história que não está nos livros de escola. Sua gente expressa naquele que é um dos mais rebuscados gêneros da música popular brasileira: o choro. Pixinguinha, carioca e brasileiro, homenageia o Pagão em composição que leva esse nome. O paulista Laércio de Freitas interpreta a obra do imortal compositor em solo de piano e explica “o Pagão é o sem nome”. Na mesma época em que realizamos essa gravação, maio de 2006, após ataques do PCC a Policia Militar paulista mata em 8 dias mais de 400 suspeitos, anônimos e executados. Carlos Reichenbach, um dos grandes nomes do cinema brasileiro, reflete: “vivemos o ‘fim das utopias’, o que é a definição mais reacionária que surgiu nos últimos tempos”.

Direção, Roteiro e Montagem: Pedro Dantas
Imagens: Pedro Dantas com colaboração de Cristian Cancino, Fernando Marron, Marcelo Correia e Videofina OEAL (SESC Itaquera)
Engenheiro de Som: Denis Soria "Charrúa"
Pesquisa e Elaboração de Trilha Sonora: Paulo Rafael da Silva e Vinícius Pereira
Captação de Som: Denis Soria "Charrúa", Vinicius Pereira
Trilha Sonora: Laércio de Freitas, Benedito do Pagode, Paulo Morcego. Bateria G.R.E.S. Unidos do Peruche, G.R.E.S.Camisa Verde e Branco, G.R.E.S.Nenê da Vila Matilde e Velha Guarda Contemporânea
Produção: Carolina Valdés e Pedro Dantas
Fotografia Estática: Anderson Barbosa
nas Escolas de Samba (equipe PATENTE DE BAMBA):
direção: PEDRO DANTAS
produção: CAROLINA PIZA
dir. de fotografia: CRISTIAN CANCINO
imagens: PEDRO DUARTE
som direto: FABRÍCIO MARUXO e MARTÍN MIROL
Apoio de Produção: Maristela Grossi
Pesquisa de Imagens de Arquivo: Silvia Seles
Imagens de Arquivo: TV Cultura e TV PUC-SP
Tradução ao Espanhol: Carolina Valdés
Colaboração: Silvia Seles, Paulo Tavares, Jader Gutierrez
Coordenação Videoficina OEAL pelo SESC Itaquera: Lucy Mary Nobre Franco
Oficina Ministrada por : Cristian Cancino, Pedro Dantas, Fabrício Maruxo e Henrique Pallazo
Projeto Videoficina OEAL: Crisntian Cancino
Depoimentos: Carlos Reichenbach, Laércio de Freitas e Angela Almeida.
Agradecimentos: IV Festival de Cinema e Vídeo de Santa Maria-RS, Loja de Instrumentos Contemporânea.
Realização: Sussuarana Filmes com a Cooperativa Cultural Brasileira
colaboração: Observatório de Violências Policiais de São Paulo

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…