Porto Alegre, 2010. 27min. Direção: Rafael Devos. Roteiro: Vherá Poty, Rafael Devos e Ana Luiza Carvalho da Rocha. Etnografia Visual: Rafael Devos. Etnografia Sonora: Viviane Vedana. Edição: Rafael Devos e Viviana Vedana. Tradução Mbyá-Português: Vherá Poty. Produção Executiva: Anelise Gutterres. Assistente de Produção: Inara Moraes / Produção: Ocuspocus Imagens. Realização: Prefeitura Municipal de Porto Alegre - Secretaria Municipal de Direitos Humanos - Núcleo de Políticas Públicas com Povos Indígenas.

Sinopse:  “Essa câmera vai funcionar como um olho e o ouvido de todos que estão atrás dessa câmera, ela vai ser uma criança que vai estar escutando a fala dos meus avós”. Assim o jovem cacique Vherá Poty apresenta as imagens dos “bichinhos” e as narrativas mito-poéticas dos velhos em torno dos modos de criar, fazer e viver a cultura guarani, expressos na confecção de colares, no trançado das cestarias e na produção de esculturas em madeira dos seres da mata: onças, pássaros e outros “parentes”.

Contato com Grupo Indígena Mbyá-Guarani:
Vherá Poty
e-mail: jepovera@yahoo.com.br
Terra Indígena Cantagalo: Estrada do Cantagalo, nº 3725

Vencedor do prêmio Pierre Verger de Melhor filme etnográfico - Reunião Brasileira de Antropologia - São Paulo - 05 de julho de 2012

Vencedor do prêmio de melhor filme etnográfico no I Festival Théo Brandão de Fotografias e Filmes Etnográficos - Maceió - Alagoas - 15/04/2011

Selecionado para a 15a. Mostra do filme etnográfico - Rio de Janeiro - 16 a 24 de novembro de 2011

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…