Conhecido nos ringues por “Rastha”, o atleta da Champions Factory, Bernardo Braga, representa nossa filosofia no mundo da luta com seus dread locks e determinação. Disciplinado, respeitado e vitorioso, Bernardo “Rastha” Braga absorve os valores do Muay Thai e traz para o seu cotidiano os diversos aprendizados de uma vida dedicada às artes marciais.

Tudo começou nos tempos de colégio, no Grajaú, durante a adolescência. Os primeiros UFC’s chamavam a atenção da molecada e gerava assunto entre os amigos. Somado a isso, a influência dos irmãos, que lutavam Jiu- Jitsu, contribuiu para que Bernardo se engajasse por um objetivo maior. A Capoeira deu uma base boa, alongamento e força, mas faltava a disciplina de um esporte mais completo. Foi aí que o Muay Thai entrou na vida do Rastha e não saiu mais. Rastha teve seu primeiro contato com o Muay Thai na academia Boxe Thai do falecido do Grão Mestre Luiz Alves, mas foi na academia Champions Factory que a chama que o conduz nesse esporte ganhou combustível para queimar com mais ardor. Nos primeiros campeonatos internos da academia chamava a atenção pelo comportamento frio e pelo repertório de golpes em suas lutas. Mais importante que convencer quem o observava, Rastha enxergou seu potencial e passou a acreditar em si mesmo nesse esporte de alta performance.

Naturalmente, abriu mão de muitas coisas na vida em função da luta. No entanto, Rastha passou a se conhecer cada vez mais. Fraquezas e potenciais. O certo e o errado do ponto de vista de uma preparação plena. As exigências para um atleta de ponta do Muay Thai são sacrificantes.

Rastha ainda consegue conciliar sua rotina de treinos e aulas particulares com a faculdade. Estudante de educação física, esse rastafari em constante movimento esbanja disposição no dia-a-dia: às 05h30min, no auge do sono da maioria, o cara acorda para correr e treinar explosão na areia. Vai direto para faculdade e tem aula até as 13hs. Após o almoço, seus alunos o esperam na academia onde treina. A parte técnica da sua preparação acontece ao anoitecer. Às 22hs, quando volta pra casa, aquela sensação de dever cumprido toma conta do estado de espírito ao finalmente deitar para descansar. Tudo isso acontece com a preocupação constante de se alimentar adequadamente: “meus pais são vegetarianos, então, desde pequeno, mantenho hábito alimentar saudável, o que certamente me condiciona para me preparar para uma luta. Alto desempenho está diretamente ligado à alimentação.”

Hoje, Bernardo é o atual campeão brasileiro profissional da sua categoria. Antes disso, foi campeão brasileiro de estreantes, em 2006, campeão brasileiro amador em 2007 e vice em 2008 e 2009. Já treinou e disputou campeonatos profissionais na Tailândia, onde teve a oportunidade de absorver os ensinamentos do Grão-mestre Yuttana, muito respeitado no país.

Com certeza o Muay Thai transformou o Rastha. Nesses anos, aprendeu que vale a pena “lutar” pelo nobre sentimento de realização. “Focar minhas energias em algo que me faz bem como ser humano, que me dá uma profissão, é uma forma de agradecer por conduzir minha vida da maneira que eu sempre acreditei e sonhei...”

Por Lippo Cavalcanti

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…