O Programa CicloVivo apresenta o filme “Belo Monte – Anúncio de uma Guerra”. O diretor André D’Elia é o convidado para explicar todo o processo de entrevistas e investigações sobre a proposta de construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, que resultou na obra cinematográfica.

Durante dois anos a equipe Cinedelia vem coletando materiais informativos, entrevistas e fazendo pesquisas acerca da usina. O trabalho está registrado em 120 horas de filmagem pela região do Xingu, Altamira, Brasília e São Paulo. A conclusão a que os cineastas chegaram é de que a obra está sendo imposta pelo governo, sem que haja diálogo com os índios e com a sociedade que habita a região.

Entre os entrevistados que falaram sobre Belo Monte e como ele impactará o Brasil estão: Wandenkolk Gonçalves (deputado do Pará), Felício Pontes Júnior (procurador da República do Pará), Marcelo Salazar (Instituto Socioambiental de Altamira), Márcio Meira (Presidente da Fundação Nacional do Índio – Funai), além dos representantes indígenas e da comunidade de Altamira e do Xingu.

Há quinze dias o grupo recorreu ao Catarse para arrecadar a verba necessária para a conclusão do filme e sua divulgação na internet. O alvo de R$ 114 mil teria até 30 dias para ser alcançado ou todos os doadores seriam ressarcidos. Somente em duas semanas o grupo já conseguiu ultrapassar o alvo e verba extra deve ajudar a levar o documentário também para os cinemas.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…