PROJECTO 340
Grupo de Violas Campaniças, Erva Cidreira

Instrumentos
Voz e Viola Campaniça

Gravado em Santa Clara do Louredo, Beja, Alentejo (Baixo Alentejo)
5 de Abril 2011

Realização: Tiago Pereira
Som: Sara Morais

Canon 5D
Schoeps Stereo

Este grupo surgiu nos meados dos anos 80, com o objectivo de preservar e divulgar o cante alentejano e a viola campaniça, instrumento de cinco cordas duplas que deriva da viola barroca, que remonta ao princípio do séc. XX. A origem do nome vem, inquestionavelmente, da sua radicação na zona do “Campo Branco”, geograficamente situada nos aros concelhios de Aljustrel, Ourique, Castro Verde e Almodôvar, que o povo designa genericamente e sem grande exactidão territorial por região campaniça.

Letra

Ó erva-cidreira
Que estás no alpendre
Quanto mais se rega
Mais a folha pende

Mais a folha pende
Mais a rosa cheira
Que estás no alpendre
Ó erva-cidreira

Amor lá vão balas
Que o chumbo vareia
Não posso ser firme
Com quem me falseia

Ó erva-cidreira
Que estás no alpendre
Quanto mais se rega
Mais a folha pende

Mais a folha pende
Mais a rosa cheira
Que estás no alpendre
Ó erva-cidreira

Amor se não era
Vontade tua
Porque é que me dava
Conversa na rua

Ó erva-cidreira
Que estás no alpendre
Quanto mais se rega
Mais a folha pende

Mais a folha pende
Mais a rosa cheira
Que estás no alpendre
Ó erva-cidreira

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…