Velho acorda em dia na vida de homem só. Um percurso é feito por necessidade. Uma aceitação surge como reflexão sobre interior. Hino ao abandono em transmontano, "Aqui jaz a minha casa" é testamento simbólico. Na vastidão irrompem alienados, solos de baixo.
Old man awakens in a lonely mans life. A path must be made, “Here Rests My Home” is a symbolic will. In vastness they burst alienated, bass solos.
Realização / Director: Rui Pilão
Assistente de Realização / Assistant Director: Sérgio Castro
Argumento / Script: Aurora Morais e Rui Pilão
Actor: Leandro Vale
Director de Fotografia / Cinematographer: Tiago Ribeiro
Operador de câmera / Camera Operators: Tiago Ribeiro e Sérgio Castro
Edição e pós-produção / Editor: José Lemos
Música / Music: bueno.sair.es
Pós-produção audio / Audio Mastering: Paulo Pintado / Indústria Rock
Produção / Producers: Aurora Morais e Rui Pilão
Produtor executivo / Executive Producer: Rui Pilão
Storyboard: Aurora C. Fernandes
Agradecimento especial / Special Thanks to: Câmara Municipal de Vinhais, Junta de Freguesia de Vilar d’Ossos, Junta de Freguesia de Tuizelo, Cybercentro Bragança.
Agradecimentos / Thanks to: Teresa Martins, Iria Correia, Nuno Fernandes, Jorge Fernandes, Carlos Paula, Hermínia Paula, Sofia Paula, Alcino Pilão, Fernando Pilão, Filomena Paula.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…