O Programa CicloVivo entrevistou Fabiola Zerbini, secretária executiva do FSC Brasil. Durante o bate-papo foram apresentadas as certificações fornecidas pela organização e demonstrados os benefícios de optar por produtos que tenham o selo e a garantia de serem originários de manejos sustentáveis.

O FSC existe desde 1993 e foi criado na Alemanha a partir da preocupação com a preservação de florestas em todo o mundo. Desde então, o selo ganhou credibilidade e se espalhou pelo mundo, como símbolo de compromisso com os três pilares da sustentabilidade.

O Conselho de Manejo Florestal Brasil (FSC Brasil) é uma organização não-governamental, cujo conselho diretor é formado por institutos especializados na área ambiental, econômica e social, todos voltados para o cuidado com as florestas.

Existem dois tipos de certificações oferecidas pela ONG. A primeira é a Certificação de Manejo Florestal, que garante a qualidade do manejo da floresta. Ela pode ser utilizada em produtos madeireiros ou não madeireiros, como óleos, sementes e castanhas. O segundo tipo é a Certificação Cadeia de Custódia, que garante a origem da matéria-prima florestal.

Optar pelo selo FSC traz benefícios tanto aos produtores rurais, como aos consumidores e principalmente à natureza. Para os produtores a madeira certificada pode render mais lucros por sua acessibilidade ao mercado internacional. Além disso, aplicando as técnicas ideais de manejo da floresta o desperdício é reduzido e a produtividade aumenta consideravelmente. Já os consumidores têm a garantia da qualidade e da origem do produto que estão investindo, bem como a certeza de que não estão contribuindo com o desmatamento.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…