Cheval O sonho de pedra (2012) é uma Devoção para Ferdinand Cheval, Gratidão pelo que o seu Palácio Ideal me disse sobre a Transfiguração da Vida por pequenos gestos feitos na vida comum. Como Música do sangue das estrelas, também é um filme KinemAndara que gerei sem câmera de filmar, apenas colhendo imagens no Campo Virtual e tentando reencantá-las no computador, neste caso com a música de Satie. FERDINAND CHEVAL viveu em Châteauneuf-de-Galaure, departamento de Drôme, França. Deixou a escola aos 13 anos para ser aprendiz de padeiro, mas se tornou carteiro. Começou a construir o Palácio Ideal em abril de 1879. Disse que um dia tropeçou numa pedra e sua forma o inspirou. Voltou ao local no outro dia e começou a recolher pedras. Por 33 anos, pegava as pedras durante sua ronda diária de mais de 30 milhas por terrenos ásperos e à vezes clima hostil, entregando cartas, e levava para casa para construir o Palácio. Trabalhava à noite, à luz de uma lâmpada a óleo. Nos primeiros 20 anos, construiu as paredes externas. Carregava as pedras nos bolsos, depois numa cesta, depois num carrinho de mão. Prendeu as pedras com cal e cimento. O Palácio parece ter inspirações do cristianismo ao hinduísmo. Cheval queria ser enterrado em seu palácio. Mas na França é proibido e ele levou mais 8 anos construindo um mausoléu para si no cemitério Hauterives. Se foi em 19 de agosto de 1924, aos 45 anos, um ano após terminar o mausoléu. Agora, é lá que sonha, não com: em seu Palácio Ideal.

TRANSLATION: Cheval The dream stone (2012) is a devotion to Ferdinand Cheval,Gratitude for your Ideal Palace told me about the Transfiguration of Life by small gestures made in ordinary life. Like Music of the blood of the stars, is also a film KinemAndara generated without a camera to shoot, just picking images in the Virtual Field and tempting delight they on the computer, with music by Satie. FERDINAND CHEVAL lived in Châteauneuf-de-Galaure, department of Drôme, France. He left school at 13 to apprentice baker, but became a postman. Began building the Great Palace in April 1879. He said that one day he tripped over a stone and its shape inspired. He returned to the site the other day and started collecting stones. For 33 years, took the stones during their daily round of more than 30 miles of rough terrain and sometimes hostile climate, delivering mail, and carried home tobuild the Palace. Working at night, in the light of an oil lamp. In the first 20 years, built the outer walls. Carrying stones in his pockets, after a basket, then in a wheelbarrow. He held the stones with lime and cement. The palace seems to have inspirations ranging from Christianity to Hinduism. He wanted to be buried in his palace. But in France it is forbidden and it took another 8 years building a mausoleum for himself in the cemetery Hauterives. If it was on August 19, 1924, aged 45, one year after finishing his mausoleum. Nowthere is the dreamer, not about: in his Ideal Palace.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…