A passagem do furacão Gordon, a 20 de Agosto, obrigou à protecção do sítio após o registo topográfico da camada que estava em escavação. Ficámos vários dias em terra, aproveitados para a manutenção do equipamento e organização do arquivo do projecto. Nos últimos dias voltámos à escavação do Angra B, com a continuação da extracção e registo da última camada de lastro, que se encontra directamente sobre o casco. O lastro tem mostrado aspectos interessantes, várias litologias ou corais - pode ser a chave para o estudo da proveniência do navio. Interessante também é a extraordinária concentração de materiais na extremidade leste do sítio, onde ficaram aprisionadas dezenas de fragmentos de anforetas durante o naufrágio, em depósito primário, e restos osteológicos.
Autor: José António Bettencourt

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…