Registro da exposição da artista paraense Keyla Sobral na Galeria do Ateliê, em 2012. Esta foi sua primeira exposição no Rio de Janeiro.
A exposição contou com 14 trabalhos como desenhos, gifs animados, objeto e instalação. Meu álbum de retratos incluiu ainda trabalhos da série Desenho Fotográfico, de 2011 (Nanquim s/papel, 42 x 59 cm), com a qual Keyla foi selecionada para o II Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia do ano passado. A série Desenho Fotográfico pensa a fotografia, sem a fotografia em si. São anotações da artista de uma relação vivida, onde a fotografia é a memória afetiva, o único bem que restou.

A curadoria e texto da exposição foram de Orlando Maneschy, também paraense, artista e curador. Para Orlando, “Keyla Sobral vem constituindo um percurso de consistência ao longo de sua produção artística, no qual o desenho emerge como forma de relação com o ambiente em que se encontra, em um reflexo do seu estar no mundo e fruto de uma resposta atenta e ética a ele.”

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…