Esse video mostra o processo de gravação da Faca Fairbairn-Sykes feito à mão pelo Artista Plástico Felipe Galvão.

A faca de combate Fairbairn-Sykes, também conhecida como F-S tem este nome em homenagem aos seus idealizadores, os militares britânicos William Ewart Fairbairn e Eric Anthony Sykes com a ajuda do industrial do ramo de cutelaria John Wilkinson-Lathan em novembro de 1940, ou seja, durante a Segunda Guerra Mundial.
A faca de combate Fairbairn-Sykes tornou-se famosa durante este conflito mundial por ter sido adotada pelos comandos britânicos.

A faca F-S foi criada em torno de um método de combate corporal desenvolvido e aperfeiçoado por seus idealizadores com base nas experiências acumuladas por anos de serviço na Polícia da cidade chinesa de Shangai (sob domínio britânico antes da invasão japonesa). Idealizada especialmente para ataques de surpresa e embates corpo-a-corpo, com uma lâmina delgada, de 6 polegadas de comprimento, foi desenhada de forma a facilmente penetrar o tórax de um soldado, passando entre as costelas de forma a atingir órgãos vitais como o coração e pulmões, matando rápida e silenciosamente a vítima atacada. Foi baseada num modelo de faca chamado genericamente na época de "faca de Shangai" (de dimensões menores), com a qual os seus criadores tiveram contato em seus anos de serviço policial.

Na Inglaterra, com a irrupção da Segunda Guerra Mundial, Fairbairn e Sykes, experientes militares, passaram a ser requisitados para ministrar cursos de luta corporal, difundindo seu método de luta, extremamente violento e silencioso, o qual passou a ser adotado por diferentes unidades militares inglesas, em especial as recém criadas unidades de comandos, destinadas a agir atrás das linhas de combate inimigas em ações de sabotagem e reconhecimento, onde a capacidade de matar soldados inimigos em silêncio era fundamental.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…