Parece que foi ontem que comecei a andar de BMX, mas faz 19 anos. É impossível descrever todos esses anos em um único vídeo, por mais que tenha 15 minutos de duração.

Dedico este vídeo a todos os amigos que compartilharam e que ainda compartilham meu maior vício que é o BMX.

Músicas:
The XX – Intro
Ellie Goulding – Lights (Bassnectar Remix)

Imagens:
Bruno Ramalho (GoPro Helmet Cam)
Cristiano Azevedo
Daniel Dias
Leo Fonseca
Onofre Castilho

Edição:
Bruno Ramalho

Esta entrevista teve a ajuda dos seguintes amigos:
- Solano Alves
- Renato Paiva
- Onofre Castilho

Perguntas enviadas:
1. (SOLANO ALVES) O BMX em si, como vários outros esportes extremos, completa a vida da pessoa. Nesse caso, indo além obviamente das manobras, o que tu aprendeste com nosso esporte?

2. (SOLANO ALVES) Nos últimos dois anos tu tem viajando bastante pelo Brasil. Conhecestes o esporte em tua terra natal, estiveste em São Paulo participando de um evento em Taubaté, e fosse até o velho mundo, em uma experiência ímpar. Desses roles, o que tu vai levar para a vida? E quais as maiores dificuldades em unir de forma mais real o BMX no Brasil em sua opinião?

3. (SOLANO ALVES) Nosso esporte é muito louco, ao mesmo tempo que tem seu conservadorismo. No entanto, a maioria dos atletas fumam, bebem, não se alongam, e não se recuperam bem de contusões. O Bruno Ramalho já está na casa dos trinta, o que fazer para conseguir sobreviver ao mundo louco e underground do BMX com vitalidade e competência?

4. (SOLANO ALVES) Com toda a sua experiência e história... O que tu pode deixar de “toque” para aqueles que começam a história em nosso esporte?

5. (RENATO PAIVA) Como foi para você migrar da fase das manobras front-brake para a atual? E existe algum plano para migrar para o no-brakes?

6. (RENATO PAIVA) Se você pudesse começar tudo de novo...o que você faria diferente e o que você faria igual?

Créditos:
BMX FOR YOU - bmxforyou.com

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…