A linha percorre o espaço, acompanhando a pele que o reveste. Percurso deambulatório pela arquitectura interior da superfície envolvente, escreve o caminho percepcionado pela visão que a recebe.
O movimento é circundante provém do interior…
É coreográfica, no sentido de que induz o movimento do corpo do espectador, o movimento do olhar. A escala arquitectónica da peça, permite colocá-la em suspensão a nível exterior ou interior.

Linha Coreográfica, sarja, linha de algodão e velcro, 2000 x 150 cm, Ricardo Almeida 2001. Escola Superior de Artes de Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR).

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…