Somos todos fingidores. Fingimos para os outros, por vezes fingindo para nós próprios primeiro. E todos somos leitores, que lêem sem empatia, sem se relacionarem com as palavras escritas.

Nesta curta-metragem, inspirada pelo poema Autopsicografia de Fernando Pessoa, racionalizamos tudo o que sentimos, deixando por isso mesmo, de sentir. Deixamos de nos entregar sem medos e reservas, de arriscar com sinceridade. Como as crianças.

Esta obra, realizada durante o 48 Short Media, foi criada em apenas dois dias, desde as suas gravações e montagem até à banda sonora original.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…