PROJECTO 714
Mulheres em S. Lourenço, Adeus ó Laurinda

Gravado em São Lourenço, Cabril, Serra do Gerês, Montalegre, Vila Real, Norte (Alto Trás-os-Montes)
3 de Julho de 2013

Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Letra

Não me mandais às serradas
Que eu não sei talhar o eito
Mandai-me beber o vinho
Que eu para isso tenho jeito

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Ceifeiras, ceifemos todas
À volta do trigo loiro
Já ceifámos a seara
Já colhemos o tesouro

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Amores ao longe, ao longe
Ao perto quem quer os tem
Os amores ao pé da porta
Não são leais a ninguém

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Tenho um amor, tenho dois
Tenho três, não quero mais
Para que quero os amores
Se eles me não são leais?

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Adeus que me vou embora
Vou-me embora, vós ficais
Eu vou-me embora chorando
Vós nem um suspiro dais

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Ó pinheiro tão alto
Só com a pinha na ponta
Esses teus olhos, meninos
Já andam por minha conta

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Adeus, ó Laurinda
Ó Laurinda, adeus adeus
Adeus, ó Laurinda
Os teus olhos são os meus

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…