Nunca fui bom com palavras, automaticamente um aluno mediano nas aulas de redação, mas o que nunca me faltou foram aquelas lâmpadas que aparecem, do nada, enquanto você toma seu banho, ouve alguma música ou pensa em alguém... Sabe? Idéias para mim, ou briefing para inglêizar e deixar a mesa de reunião com uma cara menos chata e mais importante. E são essas lampadazinhas que ao aparecer em bando, bagunçam e não me deixam sequer, organiza-las em um papel, valendo 10. No fim das contas, o verdadeiro motivo em escrever sobre esse meu problema, de não conseguir me expressar através de palavras, me levou a ter a certeza de que reunir fotos e vídeos, é a minha maior arma pra conseguir juntar todas essas informações vinculadas a sentimentos e expressa-las de alguma forma. Creio eu, que essa é uma das maneiras mais bonitas de expressar qualquer sentimento, registrando através das lentes, momentos, segundos, minutos, horas, algo que não será reproduzido novamente - não da mesma forma. Foi pensando nisso, que no dia 9 de Maio de 2013, peguei um ônibus até Uberlândia-MG, pra registrar qual seria a reação da minha mãe e do meu irmão em me receberem sem que eu avisasse da minha ida até lá, afinal, era quase dia das mães né? Nesse mesmo tempo em que estive lá, meu pai me convidou pra pegarmos o seu "xodó amarelo" e cair pra estrada. Tudo isso foi registrado, e resumido em quatro minutos. Esperei esse tempo todo, porque hoje dia 11 de Agosto, dia dos pais, meu agradecimento especial vai para ELES, que me colocaram no mundo e me passaram ensinamentos que grudam na essência e jamais desaparecem. Já são 6 meses longe de casa e te garanto que um "boa noite" por mais rápido e automático que seja, faz falta.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…