O Rio de Janeiro é muito mais do que a imagem do Rio urbano, é um estado diverso que abrange riquíssimas expressões de uma agricultura familiar que resiste em convivência com a diversidade ambiental do estado, serras, baixadas, matas, restingas. São agricultores familiares assentados de reforma agrária, caiçaras, quilombolas, homens e mulheres construindo a segurança alimentar, guardando sementes da tradição, usando as plantas medicinais, manejando e conservando a Mata Atlântica e recuperando grandes áreas de passivo ambiental.
Empenhada na identificação e sistematização das experiências em Agroecologia a Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro (AARJ) vem buscando construir um outro mapa do estado, onde a agricultura familiar camponesa tem papel no desenvolvimento local e na construção de um outro modelo social e ambiental, mais justo em bases agroecológicas.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…