quartoamado.com/residenciacidadejardim

Eis, portanto, a terceira fase da Escola de Samba do Cidade Jardim! Durante um mês, a galeria quartoamado e seus artistas Clara Valente, Emanuel Mosh, Lucas Kröeff e Luis Matuto trocaram os seus endereços cotidianos para conhecer a história da Escola, e então desenvolver uma nova identidade visual para a Quadra, que já vinha passando por algumas reformas estruturais.

Patrimônio tardio de Belo Horizonte, a Escola de Samba do Cidade Jardim, sediada no Conjunto de Santa Maria, foi fundada no início dos anos 1960, e a partir de 1962, emplacou 11 títulos seguidos no carnaval de rua da cidade. Sua história se confunde com o Samba da capital mineira e, no final dos anos 1980, a Cidade Jardim construiu sua tão esperada Quadra para encontros e ensaios.

Jairo Pereira da Costa, o primeiro presidente, dedicou sua vida à escola, ao samba e a este espaço. Seu semblante sereno e sorridente, marcado em registros da época, se mantém vivo no rosto de seu filho Alexandre Silva Costa, o Lee, que assumiu a presidência da escola, e o cuidado cotidiano com a quadra. Desde meados dos anos 2000 que Lee e toda sua família moram ha poucos metros do galpão, sonhando e acreditando em um cenário cultural mais rico e permissivo.

Já são algumas décadas de lutas, crescimento e tropeços – alcançando um certo ápice em 2008, quando uma nota controversa da Prefeitura de Belo Horizonte promulgou uma desapropriação da Escola. O ano marcou também a força de Lee por manter o espaço vivo, contínuo, e a favor do samba. O filho de Jairo conseguiu reaver a ação da Prefeitura e devolveu à cidade um centro-cultural em completa ebulição.

E este tem sido o cenário desde então. De 2008 para cá, a Quadra da Escola de Samba do Cidade Jardim foi palco de um série de shows, discotecagens, festivais de teatro, oficinas e celebrações. Também reativou o contato com a comunidade de Santa Maria, abrindo espaço para festas, aniversários, encontros, aulas de capoeira e cultos evangélicos. Uma diversidade de alcances que exerce papel fundamental no enriquecimento do espaço.

No começo de 2013, a produtora SleepWalkers em parceria com a Escola de Samba do Cidade Jardim estreou uma nova programação aos sábados do galpão, o evento Samba da Quadra. Com o crescimento da festa, surgiu também a necessidade de revitalizar a construção que se manteve quase sempre fiel à de 1988. Nesse processo, a galeria quartoamado foi convidada a vivenciar o cotidiano de Lee e Tiene, os atuais presidente e vice-presidente, e pensar uma nova identidade visual para a quadra.

Durante os meses de julho e agosto, a Cidade Jardim se tornou nossa Residência. Foram cerca de quatro semanas de trabalho intermitente - e o processo foi todo registrado neste mini-documentário do ateliê iLoveBubble. O resultado pode ser conferido lá, in loco, em qualquer uma dessas noites estreladas da Quadra - com sua vista a iluminar a cidade, o Samba e os lindos jardins de Belo Horizonte.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…