"Cazuza é de todo mundo", diz o idealizador do projeto, Omar Marzagão, da Se7e Ar7es Produções
"Um dia quando você menos esperar, eu vou voltar sorrindo, como se nada tivesse acontecido. Um dia quando você menos esperar, eu vou voltar cantando", cantava Cazuza no auge de sua carreira. Neste ano, se estivesse vivo, o cantor teria 55 anos de idade. Um dos maiores ídolos do nosso rock faz muita falta, e uma iniciativa vai deixar muita gente empolgada: Cazuza vai "voltar à vida" em show com holografia no final do mês.
O espetáculo GTV Music -- Show Cazuza vai rolar no dia 30 de novembro, Parque da Juventude (São Paulo), com entrada gratuita e vai contar com uma banda e uma pequena orquestra trazendo de volta ao vivo 20 dos grandes sucessos do poeta. O auge do show contará com a projeção de um holograma e a voz do próprio Cazuza, cantando "Exagerado", "Faz Parte do Meu Show", "O Tempo Não Para", "Brasil" e a 'lado B' "Amor Amor", parte da trilha sonora do filme "Bete Balanço", de 1984.

A banda contará com George Israel, Nilo Romero, Arnaldo Brandão, Leoni, Rogerio Meanda e Guto Goffi. A orquestra será regida por Lincoln Olivetti. Haverá também participações especiais de Gal Costa e Paulo Ricardo

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…