O drama da velhice, a trama que é a vida e juventude, os fios da história. Pois que é isso que nos faz (sobre)viver. Com receio tocamos, pisamos, e vivemos essas costuras. É o que Felipe Gump nos mostra nessas palavras, que esperam também a sua interpretação

Cadê ti?

Este não é o meu caminho. Não é aquele cujo traçado aprendi a seguir ao longo dos anos. Foi necessário praticar por estações a fio, primeiro de mãos dadas, mas logo no momento seguinte em orgulhosos passos solitários. Agora de mãos atadas constato que não é meu caminho, aquele que a intimidade já permite chamar de meu. Não é mais o inseparável caminho ao qual me afeiçoei a ponto de não me sentir capaz de dizer "Eu" sem evocá-lo. E se o segui é porque é realmente meu, o meu traçado ou o traçado destinado a mim, isso nunca importou. Agora preciso pensar. Não estou mais no caminho em que sempre estive, mesmo pensando em outra coisa ou até mesmo sem pensar. Quero voltar, mas não sei em que momento me perdi. Minha voz vai se calando conforme a queda se aprofunda, enquanto vou rumo à foz. Onde foi parar o caminho que nasce de minha morada primeira, antes mesmo de eu nela habitar? Antes é um precipício pelo qual as possibilidades se esvaem momento a momento. Por onde se vão minhas possibilidades?

Para ler e conhecer mais de Felipe Gump, acesse:
felipegump.wordpress.com/

Curta nossa página no facebook e acompanhe nossa semeadura:
facebook.com/amargemdoinfinito

elenco: Lucilia de Jesus, Geise Calvo
direção: Jere Nunes e Marcelo Vinci
roteiro: Jere Nunes e Thais Alves
design sonoro / trilha sonora: Bruno Begot
direção de fotografia: Jere Nunes
produção: Suzana Schulhan Lopes
assistente de direção: Raul Carvalho
produção: Thais Alves
edição / finalização: Marcelo Vinci
agradecimentos: Roberta Leão, Mirian Cutrim, Mario Santos, Felipe Marcondes

realização: À Margem do Infinito

patrocínio: Prefeitura de São Paulo e VAI (Valorização de Iniciativas Culturais)

À Margem do Infinito é um coletivo patrocinado pelo Programa VAI (Valorização de Iniciativas Culturais) com o objetivo de realizar 8 curta metragens baseados na produção literária independente de jovens escritores de São Paulo.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…