A Orquestra, o Coro da Osesp e o Coro Acadêmico da Osesp interpretaram em ensaio na Sala São Paulo a "Sinfonia nº 2 - Réquiem Para um Poeta" da compositora e pianista russa Lera Auerbach, com regência do brasileiro Celso Antunes e solos de Zoryana Kushpler (mezzo soprano), Narek Hakhnazaryan (violoncelo).

[...] A "Sinfonia nº 2 - Réquiem Para um Poeta" é inteiramente baseada em um texto da grande poeta soviética Marina Tsvetaeva, escrito em 1927, logo após a trágica morte de outro poeta, o austro-húngaro Rainer Maria Rilke. Os dois mantiveram uma correspondência regular, ao mesmo tempo exaltada e delirante. Os solistas da Sinfonia/Réquiem interagem num diálogo entre os personagens Tsvetaeva (mezzo soprano) e Rilke (violoncelo): texto versus música pura, uma simbiose que transforma o monólogo apaixonado de Marina Tsvetaeva em um diálogo post-mortem entre dois grandes artistas — no dizer de Auerbach: “Um símbolo de amor e poesia que transcende as meras limitações físicas do mundo concreto”. Em seus dez movimentos executados sem pausa, o Réquiem/Sinfonia reserva papéis de destaque tanto para o coro como para a grande orquestra: um tour-de-force expressivo, que explica, ao menos em parte, o extraordinário sucesso de Lera Auerbach como compositora."
Trecho de texto de Celso Antunes publicado na 7ª edição da Revista Osesp 2013 (nov-dez).

A obra será interpretada nos concertos de quinta e sexta-feira, às 21h, e sábado, às 16h30. O programa inclui ainda a co-encomenda da Osesp com Staatskapelle Dresden para Auerbach - que terá sua estreia latino americana-, a obra "Post Silentium", e também a "Fantasia em Fá Menor, Op.18 - A Tempestade" de Tchaikovsky.

j vimeo.com/80495935

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…