science

28 Setembro 2012, Noite do Investigador, Reitoria da Universidade do Porto, Portugal

PT]
As representações do tempo de vida, do percurso entre o que é novo e o que é velho, estabelecem-se, no imaginário humano, em três principais elementos: a pele, onde as marcas desse tempo ficam cumulativamente cravadas e inscritas; o coração, o compasso que estabelece a janela entre o princípio e o fim do percurso de cada indivíduo; e o sistema nervoso, em particular o cérebro, que desenha uma curva ascendente até ao apogeu intelectual, seguido de um declínio igualmente notável. O Ex vivo parte de imagens vídeo de culturas celulares de fibroblastos, cardiomiócitos e neurónios, utilizadas em investigação científica, e ruma a uma exploração de narrativas sobrepostas nas temáticas do desenvolvimento, do envelhecimento e da ambicionada regeneração de tecidos. A construção dos segmentos audiovisuais sequenciais é, por isso, resultado de apropriações e redesenho subjetivos das anteriores, sendo que o elemento objetivo, os pequenos vídeos originais, se mesclam e se perdem no ruído interpretativo subsequente e que, em última análise, será novamente reescrito por cada um.
A simbiose entre vários investigadores (Joana Catarina Macedo, Elsa Logarinho, Ana A. Silva, Paula Sampaio, Ana M. Araújo, Diogo Mosqueira, Mariana Valente, Ana G. Freire, Tatiana P. Resende, Diana S. Nascimento, P. Pinto-do-Ó, Sérgio Leite, Mónica Sousa, Teresa Summavielle) e músicos (Daniel Golberg, Paulo Gusmão e Pedro Frederico) envolvidos nesta primeira fase do projeto traduz o carácter experimental deste laboratório criativo a cargo de Júlio Borlido, André Macedo e Augusto Gómez.
credits
released 26 September 2012
Pedro Frederico: neonlogic.net
Paulo Gusmão:
Daniel Goldberg: thespookfish.com

j vimeo.com/50262575

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…