Indie Music Video Directors

É o sedutor da sua geração.
JP Simões é um aprendiz de feiticeiro que leva já na
algibeira algumas das mais belas canções dos últimos anos
da música portuguesa – quer estejamos a falar de 1970, a solo,
ou dos trabalhos com o Quinteto Tati ou Belle Chase Hotel,
com os quais povoou a Coimbra dos meados de 90 com classe e inteligência.
É, desde então, um compositor impossível de ignorar – a imposição não é burocrática,
por decreto, ou aristocrática, por posição, mas pelo arrebatamento constante.
É um letrista de mão cheia. Escreveu para o teatro Ópera do Falhado (ed. 101 Noites, 2004)
e o livro de contos O Vírus da Vida (Sextante, 2007), ilustrado por André Carrilho,
que por sua vez animou e realizou Jantar em Lisboa, escrito e musicado por JP Simões.
A sua prolífera vida artística arrancou nos Pop Dell’Arte, o que diz bastante.

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…