O autor:
Nasci amarelo. Menos um bebé do mês. Fumei barbas de milho. Menos um rim esquerdo. Emaranhei-me nos aços. Menos uma vesícula biliar. Assediei as palavras. Menos um menino do coro. Nem sempre uma causa tem o seu efeito. Nem sempre sou pela metade. Eis-me, no acaso dos versos, da música, do que hei-de sonhar.

Cristóvão Siano - facebook.com/cristovao.siano

Coordenação editorial CulturePrint - facebook.com/cultureprint

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…