PROJECTO 512
Rancho de Cantadores da Aldeia Nova de São Bento com Pedro Mestre, Pelo toque da viola

Instrumentos
Voz e Viola Campaniça

Gravado na Vila Nova de São Bento, Serpa, Beja, Alentejo (Baixo Alentejo)
30 de Novembro de 2012

Realização: Tiago Pereira

"O Rancho de Cantadores de Aldeia Nova de São Bento (Baixo Alentejo) nasceu em Abril de 1986.
Um dia, alguns elementos do Rancho juntaram-se ocasionalmente numa taberna a beber uns copos. Cantaram, como era tradição, gostaram de ouvir-se, vibraram de entusiasmo e, sob a euforia, um deles terá sugerido que deviam formar um Rancho. A ideia instalou-se nos espíritos, fervilhou, avolumou-se, galvanizou-os, a ponto de convidarem alguns amigos para o novo Rancho. Fez-se a primeira reunião e o primeiro ensaio em Abril/86; cantou-se logo bem e todos concordaram que deviam organizar-se.
Estava formado o rancho.
Hoje somos o "Rancho de Cantadores de Aldeia Nova de S. Bento” que, logo na sua primeira reunião, decidiu fazer uma recolha das modas antigas cantadas, principalmente, em Aldeia Nova de S Bento. Queremos que as modas lindíssimas de outros tempos sejam ouvidas e cantadas pelos vindouros para que não se percam.
O traje do Rancho é o domingueiro ou de casamento, usado nas primeiras décadas do século XX, em Aldeia Nova de S Bento, a saber: calça, colete, jaqueta, cinta preta, camisa branca arrendada, lenço de seda com nó direito, bota caneleira e chapéu de copa alta e afunilada. Como adereço, um relógio com corrente de ouro ou de prata, pendente do bolso do colete.
O Rancho é constituído por 30 elementos com as mais diversas profissões." ranchocantadoresaldeiansbento.com/historial.php

Inserido no filme "Cantam as filhas da Rosa"

Letra

O lua, pálida, lua
Não digas à minha amada
Que eu passei à porta dela
Às quatro da madrugada

Pelo toque da viola
Já sei as horas que são
Ainda agora é meia noite
Já passei um bom serão

Já passei um bom serão
Vai dormir, vai descansar
Vai dormir, vai descansar
Amor da minha afeição*

Ó luar da meia noite
Tu tens lá segredos meus
Ó luar, não mos descubras
Que os meus segredos são teus

Pelo toque da viola
Já sei as horas que são
Ainda agora é meia noite
Já passei um bom serão

Já passei um bom serão
Vai dormir, vai descansar
Vai dormir, vai descansar
Amor da minha afeição*

* Este último verso pode ser cantado "Amor do meu coração"

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…