O documentário apresenta as polêmicas "biografias" de Dona Joventina, boneca do maracatu Estrela Brilhante. A escultura de madeira escura ficou durante 30 anos (1965-1996) sob a posse da pesquisadora Katarina Real, antes de ser doada ao acervo do Museu do Homem do Nordeste, em Recife.

Hoje, existem duas nações de maracatu que se denominam Estrela Brilhante e que, de formas distintas, reivindicam a posse. Uma nação fica localizada no Alto José do Pinho, na cidade do Recife; e a outra, em Igarassu, antigo município dos arredores da capital. O documentário vai mostrar os sentimentos e os usos dos diferentes sujeitos envolvidos com dona Joventina em um projeto fruto de uma sólida parceria entre o cinema, a antropologia e a música.

Filme realizado através do edital ETNODOC 2010.

Pesquisa Clarisse Kubrusly
Concepção Clarisse Kubrusly, Milena Sá e Julia Barreto
Direção Clarisse Kubrusly e Milena Sá
Produção Executiva Murilo Saroldi
Direção de Fotografia Marcelo Gibson
Trilha Sonora Siba Veloso e Gui Amabis
Montagem Julia Barreto
Arte Gráfica Caos Design
Produção Tribal Filmes

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…