Vídeo direcionado como entrega do trabalho de Comunicação e Artes, ministrado pelo professor André Parente da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realização colaborativa entre os alunos Laise Mendes, Sara Ramos e Vítor Garcia.

Texto, autoria de Laise Mendes:

Ela me engoliu por inteiro. Aquela coisa suja, imunda, nojenta, quase viva. Me segurou pelas pernas e me sacudiu até a cabeça. Aquelas buzinas me entorpecem, ela não sabe falar com calma, grita com todos, independentemente do nome que lhes vestem. Ai, e aqueles olhos, aquele farol que me cega. Não olha com amor, não olha com sentimento nenhum, é seca na resposta. Se eu pudesse, eu não ficaria aqui nem por um minuto. Esse ritmo desenfreado não espera por ninguém, os que não acompanham o progresso ficam as calçadas da vida. Devolveria aos meus pés a modorra da natureza. Pra que viver de tempo? Eu não quero viver de tempo! Eu só quero viver de espaço... Deixe o tempo com Kant, Proust e os outros filósofos. Deixe o tempo com a História. Deixe o Tempo na cidade. Fica comigo, fica comigo.

Música: Valsa, Op. 69, No.1 de Chopin (Valse de L'adieu); Canto de Ossanha, arranjo de Baden Powell. Interpretação especial de Pedro Espíndola

Vozes Colaborativas: Fabrizia Posada, Laise Mendes, Laura Poffo, Lucas Brasiliense, Mateus Espíndola, Matheus Soave, Monica Colacique, Otávio Pinheiro, Sara Ramos, Victor T. Coelho

Loading more stuff…

Hmm…it looks like things are taking a while to load. Try again?

Loading videos…