1. Eles não podem suportar a vibração do AMOR.

    O poder da consciência só pode manisfestar-se completamente em uma mente que aprendeu a viver no PRESENTE e não num PASSADO ou FUTURO distantes.
    Toda a informação que vc precisa saber está no HOJE, no momento.
    Tenha consciência e esteja presente.

    Arizona Wilder é uma mulher nascida de uma linhagem aristocrática francesa, tendo também ascendência irlandesa. Conduziu durante décadas rituais de sacrifícios satânicos para a elite dos Illuminati.

    Uma dessas sessões envolvia algumas das mais conhecidas figuras públicas do mundo como a da família real britânica. Desde a infância ela foi programada para ser chamada Mãe Deusa, uma das 3 mulheres mais poderosas nesse nível do submundo no planeta inteiro. Ela dirigia rituais de sacrifício satânicos nos níveis mais altos da Fraternidade global.

    Para se ter uma idéia do poder dessa mulher, à Rainha da Inglaterra era, aparentemente, proibida de lhe dirigir qualquer palavra durante as cerimônias.

    Li muita coisa à respeito dela e o que tudo indica é que virou-se para o lado da luz com ajuda de grandes pesquisadores da mente humana. Mas uma coisa devemos deixar claro: Ela procurou ajuda e ela resolveu enfrentar as conseqüências.

    Usou de seu poder de LIVRE ARBÌTRIO. OK?

    Arizona é fonte de material sobre os “negativos” no livro de David Icke – O grande segredo. Ela nos conta os bastidores dos negativos com riqueza de detalhes. Nada bom para mentes impressionáveis. Não leia esse livro caso vc não tenha equilíbrio emocional, do contrário sua visão sobre o mundo será bem diferente.

    Fiz um resumo dos vídeos que assisti de seus relatos e algumas partes do livro do Icke. Meu pensamento é deixar outro ponto de vista em relação às desgraças profetizadas.

    Acredito no poder da intenção, da vontade do livre arbítrio e do pensamento como força geradora de uma energia poderosíssima e nada melhor que saber por uma fonte tão importante o que podemos aprender com tudo isso de errado que vemos por aí...

    - Os Illuminatis dominam o mundo há milênios. Seu poder atual se resume a um grupo de 125 homens e algumas mulheres que controlam uma população de mais de 6 bilhões de pessoas nesse planeta.

    - Eles são os “estrangeiros” por aqui. Vieram de outros planetas (dimensões) e se proliferaram entre os humanos (os motivos já expliquei antes – nos fazer de escravos)

    - Esses seres denominados Reptilianos mantêm uma parte da linhagem de sangue pura (fisionomia e pensamento), e com ela obtém alguns benefícios de suas origens como os de transitar em dimensões – da 4ª. Para a nossa 3ª. Dimensão, porém só o fazem, transitam, na mais baixa freqüência da 4ª. Dimensão.

    - Uma outra parte dessa linhagem reptiliana foi miscigenada com as do homem terreno. Fizeram um hibrido de seus DNA - Parte reptiliano e parte humano.
    - Essa parte miscigenada com a raça humana é a que domina todo nosso mundo. Não há um só líder de um país que não tenha sido colocado no posto por eles. Eles os têm sob controle.
    - É uma linhagem de seres muito psíquicos. Eles dominam mentes humanas. Podem ler qualquer mente e saber sua pretensão mesmo antes de vc tentar executá-las. Estão em todos os lugares sem serem vistos.
    - Mesmo com tantos poderes eles têm um ponto fraco = Não podem ultrapassar outra dimensão além da 4ª ! Não possuem genética para isso. (Deus não deu “asas” às cobras)

    - Suas metas ao mesclar seu DNA com os humanos foi a de desenvolver essa habilidade (passar para 5ª. Dimensão), mas não conseguiram!!

    - Então não lhes sobrou outra alternativa a não ser usar seres humanos com poderes psíquicos ou com poderes acima do normalpara entrar em outras dimensões superiores... (mas parece que isso dá muito trabalho pra eles)

    - Uma das observações feitas por eles é que toda criança “problemática” tem uma história de Poltergeister (fenômeno de ocorrências físicas tais como chuvas de pedras, movimentação, aparecimento e desaparecimentos de objetos, aparecimento de água, sons e luzes sem nenhuma explicação "normal" para esses eventos em torno delas). Eles investem na busca dessas crianças com poderes psíquicos.

    - Uma descrição da manifestação de seu poder sobre a mente de alguém programado por eles é de mencionar uma expressão que faça a nossa energia correr a Kundalini vinda do estomago subindo através dos chakras até a cabeça abandonando o corpo físico. (Acredito que seja como uma sensação de desmaio, perda de energia. Deixando o corpo livre para a visita de outra consciência de dimensões terríveis)

    - Em contra partida esses mesmos Psíquicos são perigosos para os negativos. Psíquicos são difíceis de serem controlados. Tudo que a Nova ordem Mundial odeia.

    - Psíquicos empregam energias equilibradas. Um excelente meio de receber informação e conhecimento. Médiuns trabalham com o momento, a sensação presente. (e quase sempre não têm medo de muita coisa...)

    - Os negativos têm uma forma de controle sobre pessoas com essas habilidades naturais. São monitorados por um big computador que faz leituras de ondas, freqüências cerebrais. (lembre-se – pensamento é energia)

    - Também fazem uso da astrologia que através dela encontram pessoas com características particulares que estão buscando.

    - A numerologia também é referencia, pois a data de seu nascimento e teu nome são fatores que influenciam sua vida. Inclusive faz muita diferença se vc muda essa ordem, pois tudo é um balanço de energias, de freqüências e vibrações. (os sons das palavras vibram, lembrem-se disso)

    - O mau uso desse poder, dessa energia, pode mudar tudo.

    - Nosso sistema Solar está fora de equilíbrio
    - Nossa Galáxia está fora de equilíbrio
    - Todos nós estamos fora do equilíbrio
    - Os negativos estão impondo uma falsa MATRIX nesta dimensão que deve ser corrigida urgentemente. Foi dessa maneira que abriram os portais para nos dominar. Eles são o que há de mais baixo nível dimensional.
    - Os negativos necessitam de rituais. São obsessivos com rituais. E o sangue humano é sua fonte de alimentação para estar entre nós invisíveis.

    (já ouviram a frase: “Aceitamos esse sangue que nos purifica e colocamos a nossa fé em Ti, Amém...”, pois é, foram eles que inventaram...)

    - Eles necessitam de um pigmento obtido pela oxidação da adrenalina que reduz o sangramento capilar, chamado adrenochrome para manter sua invisibilidade diante de nós.

    - Esse sangue deve ser obtido quando o portador ainda está vivo (geralmente criança) e está sob forte e longo tempo de tortura de forma dolorosa. Com esse tipo de tortura será produzido 10cc de adrenochrome na corrente sanguínea da vítima. Sangue de mestruação também não é dispensado...

    - Nesse momento há mais de 10 milhões de americanos programados para esses rituais e não sabem. Suas mentes pertencem a eles.

    - Há bases de reptilianos em muitos lugares em especial no Paraguai e no Peru.
    - O que devemos chamar atenção aqui é da manipulação das energias. E a energia mundial está sendo modificada desde ano 2000. Estamos observando que a luz está afastando a escuridão de todos esses anos de trevas. E esses negativos não sabem controlar essa energia!

    - Eles não poderão se manter secretos para sempre.

    - Estamos ACORDANDO e fazendo perguntas. Estamos mais alertas, estamos sendo impulsionados a ter respostas para o que não entendemos. Isso não é bom para eles.

    - Foi imposto pelos negativos, anos de terror e obediência através do MEDO, para que vivêssemos o mais baixo nível de energia, a mais baixa freqüência, vibrações. Uma dimensão que somente podem nos manipular.

    - Mas agora temos poderes. Através da luz do conhecimento nos deram a informação que podemos usá-las agora! Essa competência é intransferível. Não há delegue a “Deuses” ou a um Mártir! . Ela é sua! Mude sua freqüência!

    - Essa é época em que vamos despertar e a oportunidade de regressar a esta energia onde está o equilíbrio de todas as coisas!

    - Mude sua energia – saia do MEDO, AGORA! Mudando sua vibração vc muda seu entorno!

    - Devemos entender que todos nós temos um propósito aqui nessa dimensão. E agora é a hora de pensar nisso. Mesmo que vc não acredite que tenha uma luz no fim do túnel...seja vc então essa luz! Vibre, ame sua vida e a vida do próximo.

    - As coisas sempre funcionam. Eles nos usam porque não sabemos quem somos. Ignoramos nosso poder sobre todas as coisas do UNIVERSO.

    Nós estávamos perdidos sem um propósito e agora sabemos.

    Temos que passar para outra DIMENSÂO acima, onde eles não podem nos fazer mal!!

    Eles não suportam o AMOR a empatia a ligação espiritual!!

    # vimeo.com/34367148 Uploaded 4,380 Plays 2 Comments
  2. Eles não podem suportar a vibração do AMOR.

    O poder da consciência só pode manisfestar-se completamente em uma mente que aprendeu a viver no PRESENTE e não num PASSADO ou FUTURO distantes.
    Toda a informação que vc precisa saber está no HOJE, no momento.
    Tenha consciência e esteja presente.

    Arizona Wilder é uma mulher nascida de uma linhagem aristocrática francesa, tendo também ascendência irlandesa. Conduziu durante décadas rituais de sacrifícios satânicos para a elite dos Illuminati.

    Uma dessas sessões envolvia algumas das mais conhecidas figuras públicas do mundo como a da família real britânica. Desde a infância ela foi programada para ser chamada Mãe Deusa, uma das 3 mulheres mais poderosas nesse nível do submundo no planeta inteiro. Ela dirigia rituais de sacrifício satânicos nos níveis mais altos da Fraternidade global.

    Para se ter uma idéia do poder dessa mulher, à Rainha da Inglaterra era, aparentemente, proibida de lhe dirigir qualquer palavra durante as cerimônias.

    Li muita coisa à respeito dela e o que tudo indica é que virou-se para o lado da luz com ajuda de grandes pesquisadores da mente humana. Mas uma coisa devemos deixar claro: Ela procurou ajuda e ela resolveu enfrentar as conseqüências.

    Usou de seu poder de LIVRE ARBÌTRIO. OK?

    Arizona é fonte de material sobre os “negativos” no livro de David Icke – O grande segredo. Ela nos conta os bastidores dos negativos com riqueza de detalhes. Nada bom para mentes impressionáveis. Não leia esse livro caso vc não tenha equilíbrio emocional, do contrário sua visão sobre o mundo será bem diferente.

    Fiz um resumo dos vídeos que assisti de seus relatos e algumas partes do livro do Icke. Meu pensamento é deixar outro ponto de vista em relação às desgraças profetizadas.

    Acredito no poder da intenção, da vontade do livre arbítrio e do pensamento como força geradora de uma energia poderosíssima e nada melhor que saber por uma fonte tão importante o que podemos aprender com tudo isso de errado que vemos por aí...

    - Os Illuminatis dominam o mundo há milênios. Seu poder atual se resume a um grupo de 125 homens e algumas mulheres que controlam uma população de mais de 6 bilhões de pessoas nesse planeta.

    - Eles são os “estrangeiros” por aqui. Vieram de outros planetas (dimensões) e se proliferaram entre os humanos (os motivos já expliquei antes – nos fazer de escravos)

    - Esses seres denominados Reptilianos mantêm uma parte da linhagem de sangue pura (fisionomia e pensamento), e com ela obtém alguns benefícios de suas origens como os de transitar em dimensões – da 4ª. Para a nossa 3ª. Dimensão, porém só o fazem, transitam, na mais baixa freqüência da 4ª. Dimensão.

    - Uma outra parte dessa linhagem reptiliana foi miscigenada com as do homem terreno. Fizeram um hibrido de seus DNA - Parte reptiliano e parte humano.
    - Essa parte miscigenada com a raça humana é a que domina todo nosso mundo. Não há um só líder de um país que não tenha sido colocado no posto por eles. Eles os têm sob controle.
    - É uma linhagem de seres muito psíquicos. Eles dominam mentes humanas. Podem ler qualquer mente e saber sua pretensão mesmo antes de vc tentar executá-las. Estão em todos os lugares sem serem vistos.
    - Mesmo com tantos poderes eles têm um ponto fraco = Não podem ultrapassar outra dimensão além da 4ª ! Não possuem genética para isso. (Deus não deu “asas” às cobras)

    - Suas metas ao mesclar seu DNA com os humanos foi a de desenvolver essa habilidade (passar para 5ª. Dimensão), mas não conseguiram!!

    - Então não lhes sobrou outra alternativa a não ser usar seres humanos com poderes psíquicos ou com poderes acima do normalpara entrar em outras dimensões superiores... (mas parece que isso dá muito trabalho pra eles)

    - Uma das observações feitas por eles é que toda criança “problemática” tem uma história de Poltergeister (fenômeno de ocorrências físicas tais como chuvas de pedras, movimentação, aparecimento e desaparecimentos de objetos, aparecimento de água, sons e luzes sem nenhuma explicação "normal" para esses eventos em torno delas). Eles investem na busca dessas crianças com poderes psíquicos.

    - Uma descrição da manifestação de seu poder sobre a mente de alguém programado por eles é de mencionar uma expressão que faça a nossa energia correr a Kundalini vinda do estomago subindo através dos chakras até a cabeça abandonando o corpo físico. (Acredito que seja como uma sensação de desmaio, perda de energia. Deixando o corpo livre para a visita de outra consciência de dimensões terríveis)

    - Em contra partida esses mesmos Psíquicos são perigosos para os negativos. Psíquicos são difíceis de serem controlados. Tudo que a Nova ordem Mundial odeia.

    - Psíquicos empregam energias equilibradas. Um excelente meio de receber informação e conhecimento. Médiuns trabalham com o momento, a sensação presente. (e quase sempre não têm medo de muita coisa...)

    - Os negativos têm uma forma de controle sobre pessoas com essas habilidades naturais. São monitorados por um big computador que faz leituras de ondas, freqüências cerebrais. (lembre-se – pensamento é energia)

    - Também fazem uso da astrologia que através dela encontram pessoas com características particulares que estão buscando.

    - A numerologia também é referencia, pois a data de seu nascimento e teu nome são fatores que influenciam sua vida. Inclusive faz muita diferença se vc muda essa ordem, pois tudo é um balanço de energias, de freqüências e vibrações. (os sons das palavras vibram, lembrem-se disso)

    - O mau uso desse poder, dessa energia, pode mudar tudo.

    - Nosso sistema Solar está fora de equilíbrio
    - Nossa Galáxia está fora de equilíbrio
    - Todos nós estamos fora do equilíbrio
    - Os negativos estão impondo uma falsa MATRIX nesta dimensão que deve ser corrigida urgentemente. Foi dessa maneira que abriram os portais para nos dominar. Eles são o que há de mais baixo nível dimensional.
    - Os negativos necessitam de rituais. São obsessivos com rituais. E o sangue humano é sua fonte de alimentação para estar entre nós invisíveis.

    (já ouviram a frase: “Aceitamos esse sangue que nos purifica e colocamos a nossa fé em Ti, Amém...”, pois é, foram eles que inventaram...)

    - Eles necessitam de um pigmento obtido pela oxidação da adrenalina que reduz o sangramento capilar, chamado adrenochrome para manter sua invisibilidade diante de nós.

    - Esse sangue deve ser obtido quando o portador ainda está vivo (geralmente criança) e está sob forte e longo tempo de tortura de forma dolorosa. Com esse tipo de tortura será produzido 10cc de adrenochrome na corrente sanguínea da vítima. Sangue de mestruação também não é dispensado...

    - Nesse momento há mais de 10 milhões de americanos programados para esses rituais e não sabem. Suas mentes pertencem a eles.

    - Há bases de reptilianos em muitos lugares em especial no Paraguai e no Peru.
    - O que devemos chamar atenção aqui é da manipulação das energias. E a energia mundial está sendo modificada desde ano 2000. Estamos observando que a luz está afastando a escuridão de todos esses anos de trevas. E esses negativos não sabem controlar essa energia!

    - Eles não poderão se manter secretos para sempre.

    - Estamos ACORDANDO e fazendo perguntas. Estamos mais alertas, estamos sendo impulsionados a ter respostas para o que não entendemos. Isso não é bom para eles.

    - Foi imposto pelos negativos, anos de terror e obediência através do MEDO, para que vivêssemos o mais baixo nível de energia, a mais baixa freqüência, vibrações. Uma dimensão que somente podem nos manipular.

    - Mas agora temos poderes. Através da luz do conhecimento nos deram a informação que podemos usá-las agora! Essa competência é intransferível. Não há delegue a “Deuses” ou a um Mártir! . Ela é sua! Mude sua freqüência!

    - Essa é época em que vamos despertar e a oportunidade de regressar a esta energia onde está o equilíbrio de todas as coisas!

    - Mude sua energia – saia do MEDO, AGORA! Mudando sua vibração vc muda seu entorno!

    - Devemos entender que todos nós temos um propósito aqui nessa dimensão. E agora é a hora de pensar nisso. Mesmo que vc não acredite que tenha uma luz no fim do túnel...seja vc então essa luz! Vibre, ame sua vida e a vida do próximo.

    - As coisas sempre funcionam. Eles nos usam porque não sabemos quem somos. Ignoramos nosso poder sobre todas as coisas do UNIVERSO.

    Nós estávamos perdidos sem um propósito e agora sabemos.

    Temos que passar para outra DIMENSÂO acima, onde eles não podem nos fazer mal!!

    Eles não suportam o AMOR a empatia a ligação espiritual!!

    # vimeo.com/34796579 Uploaded 1,185 Plays 0 Comments
  3. Jesus não existe em literatura nenhuma da sua época.
    Um homem com tal e grande importância para a humanidade, não é mencionado em nenhum
    texto dos grandes nomes de sua era?
    Sua presença é passada de boca em boca até hoje.
    Claro, mais precisamente nos testemunhos de outros no relatados no Novo Testamento como
    João, Matheus, Pedro etc.
    Historiadores nos dizem que nunca existiu tal cidade de NAZARÉ.
    Eles não conseguem identificar esse local.
    Jesus de Nazaré?
    Jesus é um ícone, um símbolo, um código sobre coordenadas dos astro no céu.
    Jesus representaria nosso SOL, o Senhor da vida.
    Há de convir que sem a presença do SOL a vida na Terra seria bem diferente.
    As plantas precisam de luz solar, nós precisamos das plantas e os animais também.
    Tudo faz parte de um ciclo perfeito.
    O SOL é o centro de nossas vidas.
    Portanto, os negativos codificaram o astro de tal importância em um ser humano para poder passar a informação estratégica a seus discípulos - os iluminados - Iluminattis - os escolhidos.
    "Cristianismo e o Judaísmo foram ambas religiões criadas na antiga Babilônia.
    A língua hebraica é na verdade a língua sagrada das escolas de mistérios do Egito.
    Textos bíblicos foram escritos pelos levitas, os messias, iniciados nas escolas de mistérios
    reptilianas na Babilônia."
    Creditos: Laura Botelho.

    # vimeo.com/24249604 Uploaded 730 Plays 1 Comment
  4. EGO
    Aprofundaremos nosso estudo sobre a estrutura da psique humana. Para isso, vamos recordar em resumo alguns conceitos que foram abordados nos artigos anteriores para facilitar o entendimento da nossa personalidade.

    Personalidade: Veículo de expressão das informações biopsicossociais.

    Eus: Estados Universais, expressão das características dos arquétipos.

    Arquétipos: São os conteúdos do inconsciente, estruturas autônomas na personalidade.

    Persona: Aspectos que o EGO exibe publicamente.

    Sombra: Aspectos que o EGO reprime.

    EGO: É a entidade central que torna possível conhecermos o que até então se encontrava no reino do inconsciente.

    A educação pela qual passa o ego, ao longo da vida, vai moldando a sua persona que é aquilo que ele pode exibir publicamente.

    Mas o que ele faz e é reprovado continua sendo feito às escondidas, ou então é reprimido.

    A sombra é a parte da personalidade que a pessoa não tem desejo de ser, pois reúne todas as suas características desagradáveis, as fraquezas, as forças maléficas, as culpas, complexos e emoções negativas. Ela é formada através do processo de repressão de qualidades que o indivíduo não ostenta publicamente.

    Os Arquétipos são os conteúdos do Inconsciente Coletivo “eus”, transmitidos hereditariamente com a estrutura cerebral. São sedimentos de experiência constantemente revividos pela humanidade. Os Arquétipos são as formas típicas de conceber, vivenciar e reagir, da maneira de se comportar e de sofrer, retratos da própria vida.

    A união destes “eus” chama-se EGO, é a estrutura interna que se manifesta através de nossa personalidade.

    Temos a opção de permitir que a nossa essência (SER) se expresse em nós ou deixar que a união de nossos transtornos (EGO) nos controle. O que vai nos ajudar a discernir nesta escolha é a nossa consciência.

    Podemos ver uma dualidade habitando em nós, O EGO é multiforme, tem mil caras e mil máscaras. O EGO é às vezes rude, violento, cínico, cruel, impiedoso, mentiroso, debochado, etc., e outras vezes mostra-se bom, fino, educado, sincero, amoroso, carismático, dócil, etc…

    O EGO usa a máscara que mais lhe convier, geralmente é isso o que acontece conosco, usamos um “eu” para atuar com cada pessoa de acordo com as circunstâncias, ex: Com o pai pode sair um “eu” amigo para conseguir dinheiro (por detrás atua o eu hipócrita), com a mãe pode sair um “eu” mimado para conseguir comida (por detrás atua o eu interesseiro), com o amigo pode sair o “eu” gentil para fazer um elogio (por detrás atua o eu da falsidade), com a parceira pode sair um “eu” vítima para fazê-la sentir culpada por nosso erro (por detrás atua o eu manipulador), etc…
    Nestes exemplos podemos ver como enganamos a nós mesmos e aos outros acreditando sermos “bons”, enquanto somos marionetes do EGO.

    Para se relacionar com o mundo exterior o ego se utiliza de uma máscara que é destinada a produzir um determinado efeito sobre os outros e ocultar a verdadeira natureza do indivíduo.

    Essa máscara são os papeis que desempenhamos socialmente. Ela serve como um mediador entre o ego e o mundo externo.

    A persona é a maneira como o ego aparece para os outros, como ele julga ser ou como ser a opinião dos outros ao seu respeito.

    Esse EGO, que desenvolvemos, criam uma barreira entre nós e a nossa essência e é por isso que geram estados como infelicidade e desconforto, intolerância e insatisfação. Aquele vazio que não conseguimos entender.

    A maior parte do tempo estamos dormindo, estado inconsciente, atuamos como máquinas ambulantes, não sabemos o que fazemos nem distinguimos as emoções em nosso interior; isto porque geralmente achamos que somos donos de nossas vidas, sendo que na realidade somos guiados por um conjunto de “eus” (ego) que povoam a nossa mente, por isso, temos que controlá-los através do desenvolvimento da auto-observação e assim evitar cometer os erros que dão efeito ao nosso sofrimento.

    O Inconsciente pessoal é a parte formada por conteúdos oriundos da vivência pessoal do indivíduo e que foram esquecidos ou reprimidos.

    Mas como é possível ter o conhecer esses “eus” já que nos causam tanto dano?
    • Auto – Observação
    A primeira prática que devemos desenvolver para obter a consciência desperta é a observação de nós mesmos.
    Alcançar a autoconsciência do que acontece em todos os centros do nosso corpo físico, (o intelectual – relacionado aos nossos pensamentos, o centro emocional – responsável pela manifestação dos sentimentos, o centro instintivo sexual e motor – desejos impulsivos e comportamentos), é fundamental para reconhecer qual “eu” está roubando a consciência do SER.

    Analisando as sombras do ego por uma outra ótica bem simplificada, parecida com o eneagrama -, podemos concluir que: a inveja é o desejo de possuir o bem alheio; a ira nasce da frustração dos desejos; a gula é um desejo voraz associado à necessidade de consumo; a avareza é o desejo de reter tudo para si, de possuir todas as coisas; o orgulho é o desejo de ser reconhecido, aceito, adorado; a luxúria é o desejo insaciável de prazeres, da satisfação dos sentidos, através das sensações; e a preguiça é o desejo de nada fazer.

    ARQUÉTIPOS
    O comportamento surge como produto da simbiose entre as variações da situação (que inclui o comportamento dos outros) e as variáveis da pessoa (biopsicossocial).

    A personalidade não é inata e nem apenas é determinada só pelo meio, mas sim fruto das interações entre os diferentes fatores e variáveis.

    Cada detalhe do que absorvemos do meio externo é chamado de um “eu”, são características de identidades de outras pessoas agregadas a nós.

    Essas características, estes “eus”, vão formando arquétipos que são estruturas de expressão e desenvolvimento da psique.

    Embora todos os arquétipos possam ser considerados como sistemas dinâmicos autônomos, alguns deles evoluíram tão profundamente no decorrer da experiência humana que se pode dizer que são como sistemas separados na personalidade. É como se existisse diversas pessoas dentro da gente.

    O “eu” de cada um forma-se através do seu desenvolvimento e de várias alterações de comportamentos consoante às idades. Tendo influência no futuro, em consequências de conflitos do passado.

    Tudo o que pensamos e sentimos refletirá em nosso aparelho psíquico. Se repetirmos diversas vezes um mesmo pensamento ou uma mesma emoção, reforçaremos uma estrutura do padrão vibratório do que foi pensado, seja ele alto (bom) ou baixo (ruim). Estas são as formas-pensamento, ou seja, as formas moldadas com o pensamento.

    Estes arquétipos (formas-pensamento que utilizam-se de nossa própria inteligência) podem nos induzir a continuar incorrendo nos pensamentos ou emoções que os originaram, como forma de manutenção de suas existências.

    Os vícios fortes (álcool, drogas, cigarro), por exemplo, têm seus arquétipos característicos que tornam a vida do indivíduo “insuportável” sem a manutenção do prazer oriundo do vício.

    Criamos fortes arquétipos que levam-nos a buscar a saciedade de cada desejo, portanto o melhor caminho para extingui-lo é remover o que reforça ele. Para algumas pessoas, basta a conscientização para parar, seja imediatamente ou aos poucos; mas para a maioria, não.

    Para acabar com um arquétipo ou com uma forma-pensamento, algum “eu” da personalidade basta não “alimentá-los”, ou seja, impedir que se manifestem os pensamentos e emoções ou atitudes que os originaram. Assim começa o estudo das causas e dos efeitos.

    Mas existem também pessoas com força de vontade suficiente para acabar com seus arquétipos de forma menos brusca, reduzindo a incidência de um vício até que o desejo desapareça por completo. O melhor método é uma escolha pessoal.

    A maioria de nós possuem transtornos na personalidade, é o resultado dos acúmulos de sofrimentos, decepções e todo tipo de problemas que acontece em nossa volta. É quase impossível não desenvolvermos transtornos, pois nascemos num lugar que proporciona esse efeito, o que podemos fazer é evitar a multiplicação desses desequilíbrios.
    Quanto mais se repete uma cena ou situação na vida, de origem positiva ou negativa, fica gravado em nosso subconsciente, que acumulados de formas desequilibrada, se transformam em defeitos psicológicos, arquétipos, formas pensamentos, são como vícios que adquirimos, limitando a consciência de atuar.

    Agimos a maior parte do tempo, com esses arquétipos e por não termos o conhecimento deles permitimos que nos controlem sufocando assim o nosso Ser.

    Cada detalhe que manifestamos de um arquétipo é chamado de um “eu”, que pela diversidade de sua manifestação podemos chamar de “eus ”, são pensamentos, sentimentos e hábitos repetitivos, que manifestam involuntariamente do nosso subconsciente, degenerando e causando sofrimento a nós e aos que estão é nossa volta.

    Podemos ver a mente como um campo de batalha entre os “eus” e a Consciência, usando o pensamento como principal veículo de sua expressão.

    Entra aí os conflitos ente o ID o EGO e o SUPEREGO.

    Os pensamentos que cruzam a nossa mente são como descargas de energia; A consciência é a fonte dessa energia. Ao economizar a energia da Consciência sentimo-nos mais próximo do nosso estado natural.

    Agora é preciso conhecer os “eus” destes arquétipos que roubam a energia vital de nossa Consciência.

    Os “eus”…

    Estes “eus” começam a manifestar em nossos pensamentos, depois em nossas emoções e em seguida nos fará agir de acordo com o grau de intensidade e do desenvolvimento do “eu”.

    Ex: Em uma família, com pais de personalidade superprotetora, uma criança nasce. Na intenção de educar, esses pais, sem a Consciência, criam limitações e repressões à criança, acreditando que a manterá segura.

    Frases do tipo: “Você não pode fazer isso!”. – “Você faz tudo de errado!”. – “Você não sabe nada!”.

    Quanto mais essas frases se repetem, junto com as expressões contidas nelas, a criança começa a absorver aí os primeiros “eus”. Neste caso criam se os “eus” do medo, “eus” da baixa auto-estima, “eus” da inferioridade e quando maior, ao tomar uma decisão, estes “eus” posicionaram em sua mente e não a deixará agir com Consciência.

    Nas horas de decisão, poderão sair pensamentos do tipo: “EU sou incapaz de fazer isso!” (Eu da inferioridade). – “EU faço tudo errado!” (Eu do medo) – “EU nunca sei de nada!” (Eu da baixa auto-estima).

    Neste mesmo exemplo o individuo, pode desenvolver “eus” opostos como: “eus” rebeldes, “eus” agressivos, “eus” violentos, sendo uma forma de reagir à repressão.

    Isso não quer dizer que é só por causa da família que a pessoa absorveu estes “eus” como efeito na personalidade, as outras situações da vida, escola trabalho, amigos etc., poderá alimentá-los ou criar novos ‘’”eus”’’ a partir destes.

    Por isso não podemos limitar a causa principal da criação de um “eu”. O autoconhecimento é fundamental para essa identificação.

    Na situação a cima, foi uma pequena amostra de como em segundos, podemos criar grandes complexos por toda uma vida.

    Existem outros “eus” que precisamos identificar em nós, suas causas, seus comportamentos, seus efeitos, para erradicá-los deixando nossa essência se expressar.

    Adquirimos muitos “eus” em todos os níveis, “eus” como ansiedade, preocupação, stress, discriminação, rancor, raiva, crítica, fofoca, inveja, arrogância, mentira, egoísmo, culpa, orgulho, depressão etc.. Fazem parte do nosso cotidiano a cada instante e por se repetirem tantas vezes acreditamos que é normal ou que não os possuímos.

    Muitas vezes, vemos, nos outros os defeitos (“eus”) que nos são próprios, temos como exemplo as pessoas que tem o “eu” infiel e vivem desconfiadas do seu companheiro (a), por verem nele, o reflexo de seu “eu”; ou, a pessoa que tem o “eu” da fofoca e vive pensando que os outros estão falando mal dela.

    Alimentamos todos esses “eus”, quando gastamos nossa energia em discussões e conversas vazias, crenças sem justificativas, pensamentos voltados para o passado e o futuro, cultivando o apego a emoções dolorosas.

    Os “eus” são estados alterados em nossa personalidade, emoções, que se tornaram nocivas ao nosso ser, desenvolvidas de acordo com os transtornos vivenciados nos ambientes e situações da existência.

    Uma pessoa que passa a maior parte do tempo desanimada, confundida, depressiva ou com vícios está sobre a influência de um ”eu” (transtorno da personalidade) que possui causas e precisa descobrir-se.

    Um mundo, onde as pessoas vivem em guerras, destruições, desigualdades, miséria e desarmonia, estão completamente afastadas do Real Ser, sofrendo os efeitos de suas atitudes.

    Cada vez que alimentamos os “eus”, adormecemos a Consciência, deixamos de manifestar as virtudes que são de origem da essência, podemos ver que a ansiedade apaga a tranqüilidade, o medo a coragem, a preguiça não permite a força de vontade, a inveja apaga o altruísmo e assim nos tornamos seres vazios e egocêntricos.

    Cada “eu” que você desenvolveu apagará uma qualidade de sua essência.

    AUTOCONHECIMENTO
    Tudo o que diz respeito a evolução do ser interno rumo restabelecer o equilibrio e a harmonia.

    O Autoconhecimento é um estudo sobre si mesmo, onde buscamos encontrar as causas de nossos problemas iniciando de dentro pra fora.
    Uma análise profunda de nossos pensamentos, sentimentos e comportamentos para entendermos como e porque reagimos mecanicamente diante das situações.

    Após identificarmos o que é preciso ser mudado inicia-se as práticas para alcançar o resultado.

    Descobrir-se internamente, não é como olhar-se no espelho, como alguns imaginam, é conhecer o que reside em nosso íntimo, exatamente aquilo que, muitas das vezes, queremos esconder.
    Em pequenos detalhes do dia-a-dia, com uma simples observação, é possível identificar o reflexo do nosso interior através das atitudes.

    Aos poucos fomos ficando cada vez mais fascinados pelas distrações sociais, e com isso nos distanciando cada vez mais de nosso ser interno. Quando mais distantes do real em nós mais desarmonizados ficamos.

    O Autoconhecimento tem como objetivo fazer uma busca interna de reconhecimento da personalidade (hábitos, condutas e defeitos) e lapidá-la até chegar a nossa verdadeira essência (o real ser), de forma que possamos compreender a existência, ver e entender sua posição no universo e você como parte desse universo. O Autoconhecimento nos ajuda a identificar nossos recursos internos para resolver as questões externas. Ajuda a adquirir ferramentas para restabelecer a harmonia integral do ser.
    No estudo de autoconhecimento nossas imperfeições, nossos defeitos, nada têm a ver com compleições físicas – altura, cor, formato do nariz, cabelo, peso – impostas e padronizadas pela sociedade. O que está em cena é a evolução do ser.

    Será preciso desenvolver o hábito de observar e analisar nossas condutas. Não é só dizer que conhece este ou aquele habito prejudicial a si mesmo e conformar-se com a ideia. Admitir isso, simplesmente, não vai resolver nada, assim como nunca resolveu ao longo de nossa existência.

    Reconhecer a dualidade de certo e errado ou a ética social apenas com o intelecto é ficar preso ainda à ignorância. O que se busca com o autoconhecimento é estar capacitado para fazer escolhas em paz com nossa consciência.

    Precisamos aceitar o estado em que nos encontramos e, pela própria vontade, passarmos ao estado seguinte. Reprimir defeitos é um outro defeito. Não precisamos mudar pela força bruta, mas por um auto-conhecimento pleno.

    Esta busca por auto-conhecimento não tem que ser uma busca por perfeição, uma vez que a idéia de perfeição é filha do orgulho, da vaidade, é um fardo muito difícil de se carregar. Na busca por perfeição, cedo ou tarde, acabaremos por nos acharmos melhores do que os outros; cedo ou tarde, acharemos que já somos isso ou aquilo. Então, o auto-conhecimento será limitado.

    E, autoconhecer sem cultivar das virtudes deixaremos de priorizar o equilíbrio interno.

    Precisamos criar condições para que, o Ser Interior, se manifeste. Mas temos que cuidar com o que pretendemos eliminar de nós, para não corrermos o risco de eliminar o melhor que tínhamos dentro de nós.

    Em um indivíduo sem autoconhecimento, as virtudes não podem ser expressas de forma verdadeira. Caridades são feitas com segundas intenções. O amor se confunde com posse, obrigações, deveres, e é capaz até de fazer sofrer outras pessoas acreditando que se ama. Troca-se humildade por arrogância. A lista de distorções é extensa.

    De certa maneira, vivemos em aparente equilíbrio, estamos acostumados com nossos defeitos, pois, um defeito compensa o outro.

    A medida que vamos transformando nosso estado interno uma virtude ocupa a lacuna de um estado desajustado. Enquanto vamos conhecendo um aspecto de nós outro aspecto que estava relacionado e que não sabíamos poderá se manifestar. Por exemplo, ao diminuirmos o medo, a culpa, a ansiedade e a vergonha, precisamos cuidar para que não passemos a agir com descaso, desrespeito, indiferença, desprezo, desatenção, desdém, desleixo, desmazelo, imprudência, estupidez, vulgaridade. Logo, ao diminuirmos o medo, a culpa, a ansiedade e a vergonha, precisamos desenvolver, simultaneamente, coragem, ousadia, força, verdade, simplicidade, sinceridade, humildade, honestidade, mas, acima de tudo, a consciência e o amor.

    Os defeitos a serem eliminados são aqueles que nos incomodam, que nos atrapalham, os que percebemos, não só os defeitos que os outros vêem em nós, não só aquilo que os outros dizem que está errado em nós, pois muitas vezes essas falhas apontadas não passam de projeções, inversões de valores, distorções. Devemos olhar para nós com os próprios olhos e não com os olhos dos outros.

    Se não cedemos facilmente à vontade dos outros, nos rotulam de teimosos. Se nos colocamos abaixo de terceiros, nos rotulam de modestos. E, se os favorecemos nos chamam de justos. Nestes casos se você não se conhece torna-se apenas uma marionete.

    O auto-conhecimento, faz parte de um processo de desenvolvimento do Ser, em seu objetivo de tornar-se uno. O auto-conhecimento não é um processo com vistas a tornar o indivíduo mais aceito, mais reconhecido, mais erudito, mais auto- afirmado, mais seguro, mais feliz, mais próspero, rico, visto que muitos benefícios são resultados de sua transformação interna pois, algumas metas criam mais desequilíbrios que harmonia. Não é um processo que visa retorno, não é um processo que visa à satisfação dos sentidos. O auto-conhecimento é um processo realizado por amor ao ser e a humanidade, pois a medita que você ama sua essência você vê a essência de outras pessoas e percebe como ela está sufocada por diversos transtornos da personalidade.

    Devemos estar cientes que ninguém muda do dia para a noite. Não é assim que a música toca. Não iremos perceber que sentimos raiva num dia e, no dia seguinte, estaremos calmos eternamente. É uma espécie de treinamento. Muitas situações vão se sucedendo, os defeitos vão se revelando em seus diferentes aspectos.
    Se observarmos cuidadosamente este processo, iremos aprendendo cada vez mais sobre nós através da vida. Poderá ser necessárias muitas, muitas situações para temperar a paciência, a calma, a tolerância, a compaixão, a serenidade.

    Trabalhemos com essa nova percepção da realidade agora e, a cada instante, vislumbraremos novas possibilidades. Cada instante será um novo agora.

    Agora, inicie o seu trabalho. Poderá ver as maravilhas do seu SER refletidas em você.

    # vimeo.com/40264694 Uploaded 3,579 Plays 0 Comments

Videos Information

Lili Souza

Browse This Channel

Shout Box

Heads up: the shoutbox will be retiring soon. It’s tired of working, and can’t wait to relax. You can still send a message to the channel owner, though!

Channels are a simple, beautiful way to showcase and watch videos. Browse more Channels.