1. Presentación del Proyecto Venus en la UJTL

    02:52:18

    from boletin.UJTL / Added

    3,512 Plays / / 8 Comments

    Con el lema "Más allá de la política, la pobreza y las guerras", la impactante iniciativa que el Doctor Fresco desarrolla junto a Roxanne Meadows, ofrece un plan global en donde las personas, la tecnología y la naturaleza pueden llegar a coexistir en un estado sostenible de equilibrio dinámico, a largo plazo. La presentación del "Proyecto Venus" en la Tadeo es la apertura de un gira mundial que se extenderá a Oceanía, Asia y Europa.

    + More details
    • Zeitgeist Moving Forward

      02:41:26

      from zeitgeistmovingforward / Added

      460 Plays / / 0 Comments

      Estrenado a nivel Mundial en 60 Países 30 Idiomas, Salas de Cine llenas desde su estreno ZEITGEIST MOVING FORWARD EL SISTEMA LA CONDICIÓN LA CULTURA EL COLAPSO LA TRANSICIÓN Sinopsis: Zeitgeist: Moving Forward, del director Peter Joseph, es un largometraje documental que presentará el caso de una necesaria transición fuera del paradigma socio-económico actual, el cual gobierna nuestra sociedad entera. Este tema trascenderá las cuestiones del relativismo culturas y la ideología tradicional, centrándose en el núcleo del conflicto, atributos empíricos de la "vida en la tierra" y la supervivencia social, extrapolando estas leyes naturales inmutables hacia una nuevo paradigma de sociedad sustentable llamado "Economía Basada en Recursos" Ante cualquier pregunta, consulta o apoyo al Movimiento Zeitgeist Chile no dudes en escribirnos a Contacto@zeitgeist.cl Si eres de Chile solicita tu DVD a Contacto@zeitgeist.cl como no contamos con dinero para regalar los discos solo pedimos un DVD virgen o docientos pesos según el costo del DVD por mayor.

      + More details
      • La imagen de Venus, la autoestima, la autoimagen

        02:35:14

        from Juan Carlos Gomez / Added

        2,207 Plays / / 0 Comments

        Mitología y análisis psicologico del simbolismo de Venus Afrodita. Interacciones con los gustos, lo que quiero, lo que necesito. Las relaciones madre hija El amor, la sensualida y la sexualidad La toma de decisiones

        + More details
        • Zeitgeist Addendum

          02:03:07

          from Zeitgeist-Chile / Added

          788 Plays / / 0 Comments

          Sinopsis: Zeitgeist: Addendum es una película documental producida en 2008 por Peter Joseph. Es la continuación de su anterior documental Zeitgeist. El film trata varios temas: el Sistema de Reserva Federal en los Estados Unidos (como entidad emisora de moneda), la CIA (como agencia de inteligencia al servicio del gobierno), las corporaciones (mundo empresarial), otros gobiernos e instituciones financieras, e incluso las religiones, concluyendo que todas las mencionadas instituciones son corruptas y perjudiciales para la humanidad debido a que la sociedad se basa en una economía de la escasez basada en el uso de dinero, que debe ser reemplazada eventualmente. Hacia el final, el documental propone el uso de la tecnología como otra solución, aunque haya quien piense que la alternativa que presenta es un modelo como El proyecto Venus.

          + More details
          • Addendum Audio in Italiano

            02:03:04

            from sx1mania / Added

            506 Plays / / 0 Comments

            + More details
            • McEnroe vs Jimmy Arias • Roland Garros 1984 quarter-finals

              01:59:53

              from Andrea Cirla / Added

              5 Plays / / 0 Comments

              + More details
              • Visiting The Venus Project - Jacque Fresco - Part 2 Of 2

                01:53:37

                from Live like a child / Added

                12 Plays / / 0 Comments

                THE VENUS PROJECT Beyond Politics Poverty And War WWW.THEVENUSPROJECT.COM (Make a Donation → http://www.thevenusproject.com/donate) TVP Magazine → www.tvpmagazine.com/ TVP Education → www.youtube.com/user/TVPEducation Read the following book before asking any questions: The Best That Money Cant Buy → http://www.mediafire.com/view/5iykwiz3vy1qdye/The_Best_That_Money_Cant_Buy.pdf ................................ Free Stuff ................................ http://thevenusproject.com/extras/free-dvds-and-ebooks Looking Forward [Original English] → http://thevenusproject.com/downloads/ebooks/looking_forward/Looking-Forward-v2.pdf Designing the Future [Original English] → http://thevenusproject.com/downloads/ebooks/designing_the_future/Jacque_Fresco-Designing_the_Future.pdf ........................................... In the world of The Venus Project (TVP), there are no leaders or governments making decisions. We've tried that for thousands of years and history has shown humans are too fallible and that leadership always leads to corruption. The more power, the greater the temptation for corruption. If you don't understand how society can operate without leaders and governments, then you haven't learned enough about TVP. TVP will not be forced on anyone. People don't need to get defensive about their love for the "stuff" they've amassed. People can stay in their current homes in constant need of repair, keep wasting their lives in traffic commuting to work meaningless jobs they hate, and collecting designed-to-fail material possessions that sit in their garages and closets. No one is going to come kick down your door and take your stuff. The TVP transition idea is that efficient and intelligently designed cities will be built with the most advanced technologies and materials available, and our most current understandings. People can choose to come live a new stress-free life where everyone treats each other and their surroundings with respect, or they can stay in the old cities. Try the new TVP cities and don't like them, I doubt it, but feel free to go back to the old cities if you like. No one is forcing anything on anyone. The idea is that once people see TVP cities operating at such high levels of efficiency and abundance and personal happiness that they will grow and grow in popularity. Everyone is welcome to join, unlike our current countries trying to keep everyone else out. TVP is a whole new world of personal freedom that most people today can't even imagine. Nothing like TVP has ever been attempted before. Certainly the rich and powerful will not sit back and let the world transition to a resource based economy like TVP. They would certainly lose control and would become regular people, just like the rest of us. Thankfully, we've got the numbers on our side. Less than 15 of the world's population is them, and the rest is us. As soon as we get tired of playing the rat-race game they created for us, we can shape the world however we want. Of course, the hard part is getting the word out there and opening people's minds. At this stage, there is enormous resistance. Everyone complains about their lives and society and governments and the tragedies around the world, yet as soon as people start talking about changing the world for the good of everyone, they dig their heels in and stand-tall for that same system they will continue to complain endlessly about.

                + More details
                • Conversas com Wagner por Eugénio Harrington Sena - 4ª conferência 27 de janeiro de 2014

                  01:50:25

                  from Culturgest - Fundação CGD / Added

                  79 Plays / / 0 Comments

                  27 de janeiro O caso Nietzsche e a criação do Parsifal: Sexo, regeneração e espiritualidade. Na sessão de hoje analisaremos a relação de amizade que se estabeleceu entre Richard Wagner e Friderich Nietzsche a partir de 1868, quando Nietzsche, com apenas 24 anos e ainda estudante de Filologia, conheceu o compositor, na altura com 55 anos, por quem já tinha uma admiração confessa. Veremos, assim, como o futuro filósofo rapidamente imerge na intimidade da família Wagner, nutrindo também uma especial admiração por Cosima. A desilusão que o Festival de Bayreuth causou em Nietzsche, em 1876, e uma eventual discussão sobre religião, dois meses depois em Itália, foram pretextos para uma distanciação entre os dois homens de génio, mas a “traição mortal” de que Nietzsche falará uns anos mais tarde terá outra origem: a intervenção de Wagner junto do médico de Nietzsche a propósito dos seus graves problemas de saúde, que terá levado a uma inadvertida fuga de informação sobre a vida sexual do filósofo. A partir desse momento Nietzsche não voltará a comunicar com Wagner, a não ser através dos seus livros, dois dos quais, O Caso Wagner e Nietzsche Contra Wagner, escritos no seu último ano de lucidez, em 1888. É depois desta separação, entre 1877 e 1878, que Nietzsche escreve as suas obras mais importantes e Wagner compõe a sua última obra, Parsifal, que é o resultado não só das preocupações de natureza metafísica que desde sempre inquietaram o compositor, mas também do sistema de ética que ele definiu nos últimos anos de vida através dos chamados “escritos da regeneração”, nomeadamente os seus ensaios Religião e Arte (1880) e Heroísmo e Cristandade (1881).

                  + More details
                  • Conversas com Wagner por Eugénio Harrington Sena -2ª conferência 13 de janeiro de 2014

                    01:46:46

                    from Culturgest - Fundação CGD / Added

                    112 Plays / / 0 Comments

                    Depois do ciclo biográfico do ano passado, comemorativo do bicentenário do nascimento de Richard Wagner, proponho o aprofundamento de alguns temas que estiveram continuamente presentes ao longo da sua vida: amor, sexualidade, amizade, redenção, filosofia, religião e espiritualidade serão os leitmotive destas Conversas onde a voz de Wagner estará sempre presente, seja através de excertos musicais e dos poemas dramáticos, seja através de citações das suas cartas ou das memórias dos que com ele conviveram. Nas duas primeiras sessões ouviremos as personagens femininas das suas obras identificando-as com as mulheres reais da sua vida. Avaliaremos, desse modo, a evolução do pensamento de Wagner “sobre o feminino”, assunto que o preocupou até à hora da sua morte. Na terceira sessão faremos um percurso pela ascensão e queda de muitas das suas relações de amizade, analisaremos a sua relação com outros compositores (de Weber a Liszt, passando por Mendelssohn, Meyerbeer e Berlioz) e a influência que exerceram na sua obra. Na última sessão veremos em detalhe a evolução da sua relação de amizade com Nietzsche e o que poderá ter provocado a sua rutura, e olharemos para os conceitos da metafísica wagneriana sobre a natureza humana que o levaram, nos últimos anos de vida, aos “escritos da regeneração” e à criação do Parsifal. Regressamos, assim, à obra intemporal de Wagner procurando renovar o prazer que a revelação da sua música continuamente nos provoca, esperando que ela nos coloque cada vez mais próximos do “puramente humano” e da consciência daquilo que verdadeiramente somos. 13 de janeiro Sobre o Feminino em Wagner: Mulheres e heroínas. Amor, sexualidade e redenção. (2ª parte: Isolde, Eva, Brunnhilde e Kundry) O desenvolvimento da relação entre Wagner e Mathilde Wesendonck coincide com a sua descoberta da filosofia de Schopenhauer e do Budismo cujos valores de renúncia e de compaixão influenciarão não só a sua vida mas também a sua obra, nomeadamente Tristan und Isolde. Isolde será, a seguir a Sieglinde, a segunda realização em palco do desejo por Mathilde a que Wagner é obrigado a renunciar na vida real e Eva, a personagem feminina de Die Meistersinger von Nürnberg, será a última manifestação em palco desse desejo. Wagner é então um homem solitário e desiludido com o mundo. Está como Hans Sachs no início do III Ato dos Mestres Cantores mas é ainda em Mathilde que ele vai beber a inspiração para continuar a sua missão de artista inovador. Tal como a personagem Walther, que se torna mestre-cantor graças à inspiração da sua musa Eva. Cosima será a mulher que preencherá Wagner no seu último ciclo de vida e que lhe dará o único filho, Siegfried, que nasce no período em que o compositor retoma a composição da ópera com o mesmo nome. Brünnhilde é a personagem que se junta a Siegfried numa união de amor tão forte que os torna “triunfantes na morte”! E Kundry, que ao beijar Parsifal provoca nele a consciência do sofrimento, a “sabedoria por compaixão” e que é, segundo o próprio Wagner, a sua criação feminina mais original, é também a personagem que, no fim da vida, lhe traz a sua própria redenção. Kundry, a súmula de todas as personagens femininas wagnerianas, simboliza o Eterno-Feminino de Goethe, o desejo de atração pelo transcendente.

                    + More details
                    • Conversas com Wagner por Eugénio Harrington Sena -3ª conferência 20 de janeiro de 2014

                      01:44:50

                      from Culturgest - Fundação CGD / Added

                      61 Plays / / 0 Comments

                      20 de janeiro Acerca de amigos e compositores: Histórias de admiração e traição na demanda da “música do futuro”. Na sessão de hoje faremos um novo percurso cronológico pela vida de Richard Wagner (1813-1883), desta vez através de um olhar sobre as suas relações com alguns dos compositores mais importantes que com ele conviveram. Relataremos assim alguns episódios que ilustrarão a mútua admiração que existiu, em determinado período da vida, entre Wagner e Félix Mendelssohn (1809-1848), Giacomo Meyerbeer (1791-1864), Hector Berlioz (1791-1869) e Franz Liszt (1811-1886). Com Mendelssohn e Meyerbeer, ambos judeus e ricos, com os quais se relacionou amigavelmente no início da carreira, Wagner procurou, acima de tudo, insinuar-se junto deles para daí tirar o máximo benefício mas, a partir de certa altura, os dois seriam para ele o paradigma daquilo que Wagner desejava combater: a superficialidade artística, representada acima de tudo por Meyerbeer, que denunciou violentamente na sua principal obra teórica, Opera e Drama. Embora reconhecendo o talento de Mendelssohn, Wagner nunca lhe perdoou o facto de ele nunca lhe ter dito nada sobre a sua Sinfonia em Dó cuja partitura Wagner lhe oferecera quando Mendelssohn assumiu a direção da Gewandhaus de Leipzig. Por outro lado, em Berlioz e em Liszt, Wagner revê-se numa identidade artística corporizada na chamada “música de programa” por oposição à “música absoluta” da maior parte dos outros compositores. É essa “nova música”, ou a pejorativamente apelidada “música do futuro”, que Wagner, no fundo, procura realizar toda a sua vida, recebendo influências de todos por entre histórias de admiração e de traição. Eugénio Harrington Sena é licenciado em Engenharia Química e tem uma pós-graduação em Gestão das Artes. Foi diretor técnico da Culturgest (1993-2010) tendo desempenhado anteriormente diversas funções na Companhia Nacional de Bailado e no Teatro Nacional de São Carlos. Lecionou em cursos de Gestão Cultural e foi produtor, conferencista e encenador, na área de “óperas para crianças”. Em 2013 apresentou, na Culturgest, o ciclo de conferências A Revelação de Wagner. É um dos sócios fundadores do Circulo Richard Wagner Portugal.

                      + More details

                      What are Tags?

                      Tags

                      Tags are keywords that describe videos. For example, a video of your Hawaiian vacation might be tagged with "Hawaii," "beach," "surfing," and "sunburn."