C.R.I.M. PRO

Joined

User Stats

Profile Images

User Bio

ENGLISH
A recognized haven for innovative filmmaking, CRIM produces short and feature fiction films,
creative documentaries, television programs and visual arts projects. Among its films are the
documentaries What Now? Remind Me (Joaquim Pinto 2013, Special Jury Prize in Locarno, Best Film in Montréal, Valdivia, FIDBA, L’Âge d’Or, DocLisboa among many others), Eden's Ark (Marcelo Felix 2011, Best Film about Art Temps d'Images, Best Film Move Cine Art Brazil 2012), Waiting for Europe (Christine Reeh 2006, Best International Documentary at the New York IFVF2007; Grand Prize at the Erasmus EuroMedia
Awards 2007; Merit Prize at the Taiwan International Documentary Festival 2008) and Wakasa
(José Fernandes 2011, Best Cinematography Award at the International Independent Film Festival
IndieLisboa 2011); and the features Side Effects (Paulo Rebelo 2009, awards for Best Actress
and Best Supporting Actor at the Caminhos do Cinema Português Film Festival 2010; award
for Best Supporting Actress at the V Cinema Actors Awards GDA Foundation, Portugal 2012)
and A Woman’s Revenge (Rita Azevedo Gomes 2012, Best Fiction Feature Film at Cinesul Festival
of Rio de Janeiro 2012; awards for Best Cinematography, Best Art Direction and Best Wardrobe
at the Caminhos do Cinema Português Film Festival 2012). Located in Lisbon, the company CRIM was founded in 2005 by Christine Reeh, Isabel Machado and Joana Ferreira. Member of APORDOC – Portuguese Association for Documentary, EDN – European Documentary
Network, EAVE – The European Audiovisual Entrepreneurs and EURODOC – Training Program.

crim-productions.com

PORTUGUÊS
Reconhecidamente vocacionada para um cinema inovador, a CRIM produz longas-metragens
e curtas-metragens de ficção, documentários criativos, programas
televisivos e projectos de artes visuais. Entre os seus filmes contam-se os
documentários E Agora? Lembra-me? (Joaquim Pinto 2013, Prémio Especial do Juri em Locarno, e Prémios de Melhor Filme em Montréal, Valdivia, FIDBA, L’Âge d’Or, DocLisboa entre muitos outros); A Arca do Éden (Marcelo Felix 2011, Prémio Melhor Filme sobre Arte Temps d'Images e Prémio Melhor Filme Move Cine Arte Brasil), À Espera da Europa (Christine Reeh 2006, Melhor Documentário
Internacional no New York IFVF 2007; Grande Prémio
do Erasmus EuroMedia Awards 2007; Merit Prize no Taiwan International
Documentary Festival 2008) e Wakasa (José Fernandes 2011, Melhor Fotografia no
Festival Internacional de Cinema Independente IndieLisboa 2011); e as longasmetragens
de ficção Efeitos Secundários (Paulo Rebelo 2009, prémios para Melhor Actriz
e Melhor Actor Secundário no Festival de Cinema Caminhos do Cinema Português
2010; prémio para Melhor Actriz Secundária nos V Prémios de Actores de Cinema da
Fundação GDA, 2012); A Vingança de uma Mulher (Rita Azevedo Gomes 2012, Melhor
Filme de Ficção no Festival Cinesul, Rio de Janeiro 2012; prémios para Melhor
Fotografia, Melhor Direcção Artística e Melhor Guarda-Roupa no Festival de Cinema
Caminhos do Cinema Português 2012).
Situada em Lisboa, a produtora CRIM foi fundada em 2005 por Christine Reeh, Isabel
Machado e Joana Ferreira. Membro da APORDOC – Associação pelo Documentário,
EDN – European Documentary Network, EAVE – The European Audiovisual
Entrepreneurs e EURODOC – Training Program.