coletivo qualquer

Joined

User Stats

Profile Images

User Bio

O coletivo composto por Luciana Chieregati (BR) e Ibon Salvador (ESP), iniciou o seu processo de criação acerca de dois anos no c-e-m (centro em movimento) em Lisboa. Ali, com o acompanhamento de Sofia Neuparth, começou a definir uma linha de pesquisa que consiste no cruzamento entre filosofia e movimento. Assim, surge o dançar a teoria e teorizar a dança, um trabalho que visa questionar o corpo em movimento e as relações que este gera com a informações (textos filosóficos, arquitetura, luz...), abrindo assim possibilidades na criação artística consideradas pertinentes na contemporaneidade.
Os integrantes apresentam uma trajetória distinta. Luciana Chieregati, bailarina, formada pela Universidade Anhembi Morumbi no curso Dança e Movimento em 2007, participou também da Cia. de Dança Beneditas, com direção de Lívia Seixas e também do coletivo T1, sob direção de Adriana Grechi. Colaborou no trabalho “Exhibition” de Claudia Muller no Panorama Sesi de Dança 2010.

Ibon Salvador é formado em Belas Artes pela Universidade do País Vasco (UPV) e integrou as Cias. Les Nadies e El Destinador de Idéas, ganhadoras, com a peça “Biri bila”, do prêmio de melhor companhia basca no festival Umore Azoka. Também formou parte do grupo de Creación Coreográfica da UPV, sob direção de Idoia Zabaleta. No Brasil participou da residência Entorno, desenvolvendo o trabalho “Estudos acerca do Vale do Aiangabaú”, em 2010.

Encontraram-se na Formação intensiva acompanhada (Fia) de 2008, organizada pelo c-e-m, e trabalharam juntos organizando os espaços experimentais de mostras de processo 2008/2009 e o grupo de estudos Dançar a Teoria, em 2009.

Como coletivo qualquer, tiveram a oportunidade de mostrar seu trabalho no ESPAÇOKARNART (2009), no c-e-m, na 170 Quinzena de Dança de Almada(2009) e no Largo da Rosa, Portugal(2009), com a peca “en fronteras”. No Sesc Pompéia(SP)(2010),no Sesc Itaquera (SP) (2010), no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo (RJ) (2010), no Simpósio de Dança da FAP (Curitiba) (2010) e no Festival ZAAT (2009), em Lisboa, com “tricksters ou vagabundos, ajudantes ou cartoons”, e no Festival Noviembre Kulturala(2009), em Lutxana, País Basco, com “limiar”.

Trabalharam em colaboração com a Cia. Dani Lima (RJ), no trabalho “Coreografia para Prédios, Pedestres e Pombos” e estrearam no Festival Panorama 2010. Também no mesmo festival colaboraram com o trabalho de Antonio Tagliarini(IT) e Idoia Zabaleta(Pais Basco)na criação “Royal Dance”.

Atualmente estão a viver em Lisboa, a realizar um processo de criação para o Festival Pedras D`Água 2011, a ocorrer em Julho. Também desenvolverão em setembro um residência em Vitória, País Basco, no Espaço Azala, de Idoia Zabaleta, além de participarem com a criação “tricksters ou vagabundos, ajudantes ou cartoons no Festival Act 2011 em Bilbao, País Basco em Junho de 2011.

External Links

Following

  1. Teatro Pradillo
  2. Aitana Cordero Vico
  3. Intensidades Subversivas
  4. lenk3rad